A quinta-feira amanheceu diferente para o Grêmio. Com a vitória por 1 a 0 no clássico Gre-Nal, o Tricolor tirou um peso após entrar pressionado para o duelo pela Libertadores, pela sequência recente negativa. De quebra, ainda manteve a invencibilidade, que agora chega a 10 jogos em Gre-Nais, contando todas as competições.

O vice de futebol do Grêmio, Paulo Luz, destacou a importância da “consistente” vitória sobre o rival, que presentou recuperação na tabela da Libertadores, e reafirma o trabalho da comissão técnica, mesmo longe do melhor momento. “Estamos em uma transição. Não é a excelência que tivemos em outras oportunidades, mas confiamos na retomada do bom futebol”, frisou.

Ele frisou a importância da sequência de invencibilidade em Gre-Nal, e voltou a citar o ano atípico em função da pandemia de Covid-19. “Pelas exigências do calendário, tivemos algumas dificuldades. Todos os clubes estão oscilando, é algo normal. Mas vamos readquirir a nossa melhor condição”, projetou.

O vice de futebol também elogiou o trabalho feito com as categorias de base. O Tricolor iniciou o Gre-Nal com quatro atletas formados no clube: Rodrigues, Pepê, Darlan e Matheus Henrique. No segundo tempo, outros três entraram: Gui Azevedo, Isaque e Ruan. “Em um Gre-Nal de Libertadores, desta magnitude, colocamos em campo sete meninos da base. Que se comportaram muito bem, e tiveram grande atuação”, elogiou.

Após a vitória pela Libertadores, o Grêmio dá um tempo na competição, e volta suas atenções ao Campeonato Brasileiro. O Tricolor enfrenta o Atlético-MG, no sábado, às 21h, no Mineirão, em jogo válido pela 12ª rodada da competição.



Veja também