Jogo sábado e domingo. O final de semana do meia Patrick, do Grêmio, foi movimentado. Atuou por cerca de 10 minutos no empate em 0 a 0 com o Goiás e jogou também no domingo pelo Brasileirão de Aspirantes.

Além dos minutos contra o Goiás, Patrick também foi titular na vitória do sub-23 gremista sobre o Vila Nova e jogou mais 50 minutos. Ele não atuava com o grupo principal desde a segunda rodada do Brasileirão, no empate em 1 a 1 com o Ceará. O técnico Renato Portaluppi falou sobre o meia.

— Patrick já recebeu inúmeras oportunidades. Tem um certo talento, agora, depende dele. Eu dou chance para todos os garotos, se querem andar, vencer na vida, tem que ser profissionais. Depende do Patrick também, oportunidade tem sido dada. Continuamos apostando nele, mas depende exclusivamente dele — avaliou Renato.

Patrick em ação pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Patrick em ação pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Patrick valorizou a chance recebida mais uma vez pelo treinador. A presença no time sub-23 foi um pedido do próprio atleta para ganhar ritmo. O meia teve propostas de clubes de fora do Brasil e também do Vasco, mas os negócios não evoluíram.

— Fiquei muito feliz em estar de volta a um jogo do time principal. Sempre trabalho buscando dar o meu melhor para ajudar o Grêmio e meus companheiros. Além de jogar no sábado eu pude ajudar no domingo a equipe de transição e conseguimos uma importante vitória para seguirmos em busca do nosso objetivo que é o título — disse via assessoria.

O Grêmio ficou na sexta colocação do Brasileirão com o empate na Serrinha e tem 41 pontos. Na quarta-feira, joga pela Libertadores contra o Santos a segunda partida das quartas de final. Precisa vencer ou empatar com dois ou mais gols marcados para ir à quarta semi consecutiva.



Veja também