Patrick compara bom momento do Grêmio com crise do Flu: “Cabeça no lugar”

Jovem de 20 anos que será titular no domingo, pelo Brasileirão, reforça tamanho do clube carioca e fala em atenção na partida

28 de setembro de 2019 - Às 07:24
Foto: Divulgação / Grêmio FBPA

O Grêmio chegou ao Rio de Janeiro na tarde desta sexta-feira repleto de jovens na delegação. O clube não esconde que a prioridade do momento é o primeiro jogo da semifinal da Libertadores, na próxima quarta, contra o Flamengo. Assim, ficará a cargo de um time alternativo desafiar a crise do Fluminense no domingo, pelo Brasileirão.

O tricolor carioca vive momento de turbulência após a discussão entre Paulo Henrique Ganso e o técnico Oswaldo de Oliveira na noite de quinta, durante o empate em 1 a 1 com o Santos. Sobrou para o treinador, demitido nesta manhã. Em contrapartida, os gaúchos golearam o Avaí por 6 a 1, na Arena, e não perdem há quatro partidas.

– A crise aconteceu para eles. Estamos focados, com a cabeça no lugar. Vamos deixar isso para eles. Vamos chegar no jogo, desenvolver nosso melhor para buscar esses três pontos, que são muito importantes para nós – comentou o meia Patrick em entrevista coletiva.

O armador de 20 anos será titular no jogo das 16h de domingo, no Maracanã, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Perguntado novamente sobre os problemas pelos quais passa o adversário, no saguão do hotel onde o Grêmio ficará hospedado, o menino tratou a partida como uma “final”, ainda mais para os jogadores que não têm atuado.

– O Fluminense é um grande clube, tem grandes jogadores do lado de lá. Esperamos que seja um grande jogo, temos que saber da importância, estar preparados, atentos, porque cada jogo é uma final – completou.

O Grêmio deve entrar em campo no domingo, às 16h, no Maracanã, com: Julio César; Léo Moura, Paulo Miranda, Rodrigues e Juninho Capixaba; Rômulo, Thaciano, Patrick, Luciano e Pepê; André. A equipe ocupa a sétima colocação na tabela, com 34 pontos.



Veja também