Palmeiras elimina Grêmio da Copa do Brasil 2012

22 de junho de 2012 - Às 01:59
Pela semifinal da Copa do Brasil, o Grêmio viajou a Barueri com desvantagem de 2 a 0 e acabou empatando por 1 a 1, sendo eliminado da competição, deixando o sonho do Penta para a próxima. A partida foi disputada, com muitas faltas e passes errados debaixo de muita chuva. Na bola aérea, o Grêmio pressionou e abriu o placar, mas acabou cedendo o empate e não teve forças para pressionar.
O Palmeiras começou no ataque e teve a primeira chance aos 2 minutos, quando Mazinho cruzou e Daniel Carvalho, de carrinho, quase marcou. O jogo não era bom para o Grêmio, que não conseguia dar muitos passes devido a forte chuva. Aos 17, Artur cruzou e Maurício Ramos tocou de cabeça, para defesa de Victor, com os pés.
A primeira chance Gremista veio apenas aos 27 minutos. Souza pegou sobra de fora da área e chutou forte, a bola saiu muito perto do gol. Aos 34, Marco Antônio lançou Pará. O lateral avançou e rolou para o camisa 10 chutar da entrada da área, para defesa do goleiro Bruno.
O Palmeiras insistia pela bola aérea, mas Victor levava a melhor. Aos 43, Souza lançou Pará, que livre na linha de fundo, cruzou muito forte, e Kléber e Marcelo Moreno, que estavam sozinhos, não conseguiram a finalização. No minuto seguinte, após cruzamento na área, a bola sobrou para Kléber, que livre, sozinho com o gol, foi travado na hora do chute.
No segundo tempo, o Grêmio foi para o abafa. Com três atacantes e muitas bolas cruzadas na área, o Tricolor pressionava. A pressão e a bola aérea deram resultado. Aos 21 minutos, em cobrança de falta de Edilson, a bola passou por todo mundo, o goleiro Bruno espalmou e Fernando empurrou para as redes.
Quando o Grêmio estava melhor na partida e o segundo gol era questão de tempo, o Palmeiras conseguiu o empate. Aos 27, após falha da zaga Gremista, Valdívia, que havia entrado no segundo tempo, chutou no canto, e empatando o jogo, esfriando de vez o Grêmio.
E ai, o Grêmio perdeu a cabeça. Aos 34 minutos, em confusão, Rondinelly e Edilson foram expulsos, deixando o Grêmio com dois homens a menos. E aos 39, foi a vez do Palmeiras perder um jogador. Henrique, expulso.
Aos 41 minutos, Valdívia cobrou falta e acertou a trave. O Grêmio estava entregue e não conseguiu pressionar. O Palmeiras apenas segurou o resultado.
A final da Copa do Brasil será entre Coritiba e Palmeiras.


Veja também