Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Enquanto divide atenções em três competições ao mesmo tempo, o Grêmio terá “alívio” de uma delas nos próximos 40 dias. Classificado em primeiro lugar do Grupo 8 da Libertadores e com a terceira melhor campanha geral, o Tricolor só volta a campo em 4, 5 ou 6 de julho, pelas oitavas de final da competição. O adversário só será conhecido em sorteio no dia 14 de junho. Antes de enfrentar o Fluminense, no retorno do time titular aos gramados após a derrota dos suplentes para o Sport por 4 a 3, o GloboEsporte.com reuniu as principais estatísticas da equipe na fase de grupos.

Além dos 13 pontos e dos 72,2% de aproveitamento – quatro vitórias, um empate e uma derrota –, o time de Renato Gaúcho conquistou em sua participação na Libertadores 2017 o posto de segundo melhor ataque. Marcou 15 gols, contra 17 do Atlético-MG. Como contabiliza todos os jogos desde as primeiras fases, de mata-mata, a Conmebol coloca o The Strongest à frente dos brasileiros, com 21 – neste caso, o Grêmio ocuparia o terceiro posto.

15 gols pró, 11 no primeiro tempo e 4 no segundo. Do total, 7 marcados entre os 15 e os 30 minutos do primeiro tempo; 6 gols contra; saldo: 9

O modelo de jogo de troca de passes constantes deixa a equipe gaúcha na terceira colocação em efetividade neste fundamento. Dos 2.430 passes trocados na Libertadores, os jogadores acertaram 2.202, ou 90,6%. Só fica atrás de Sporting Cristal (92,5%) e Atlético-MG (91,2%).

5º em finalizações: 84. Com 19 chutes a gol, Barrios é o 5º jogador no fundamento, ao lado de Chumacero (The Strongest) e Jonatan Alvez (Barcelona-EQU). Luan aparece logo atrás, em 6º, com 18, ao lado de Nikão (Atlético-PR).

Mas a estatística que mais chama a atenção no time de Renato Gaúcho é o número de faltas. Dentre os 32 clubes da fase de grupos, o Grêmio é o que cometeu menos infrações. Foram 54 em seis jogos, uma média de apenas nove por partida, menos inclusive que equipes que disputaram somente o mata-mata, como Olímpia, Independiente del Valle, Deportivo Capiatá e Junior de Barranquilla.

Confira abaixo mais números do Grêmio:

  • 13 pontos; 4 vitórias; 1 empate; 1 derrota; 72,2% de aproveitamento
  • Artilheiros: Barrios e Luan (5 gols)
  • 2º melhor time em assistências: 12
  • 1º em pênaltis a favor: 5 (3 convertidos)
  • Time que menos cometeu faltas na fase de grupos: 54
  • 14º time que mais sofreu faltas: 84
  • 11º em cartões: 16 amarelos e 2 vermelhos
  • 6º em troca de passes (2.430): 5º em passes certos (2.202) e 24º em errados (228)
  • 3º em efetividade de passes: 90,6%
  • 15º em escanteios a favor: 29
  • 26º em recuperações de bola: 78
  • Fonte: Conmebol


Veja também