Com a retomada dos grandes títulos, o Grêmio passou a ter em Pedro Geromel um dos ídolos desta nova geração. De grandes atuações, o zagueiro marcou seu nome na história tricolor, o que lhe rendeu até mesmo apelidos engraçados, como “Geromito”. 

Essa fama, claro, teve a contribuição de exibições de gala no clássico Gre-Nal. Com ele em campo desde 2014, o time gremista colecionou muito mais resultados positivos do que negativos: em 16 jogos, foram cinco vitórias, nove empates e apenas duas derrotas, tendo marcado 18 gols e sofrido apenas seis. Diante de todo este retrospecto, GaúchaZH elenca os cinco momentos mais marcantes do jogador no maior clássico do futebol gaúcho.

1) Estreia com goleada

Fernando Gomes / Agencia RBS
Em seu primeiro clássico gaúcho, Geromel ajudou o Tricolor a vencer por 4 a 1Fernando Gomes / Agencia RBS

Desconhecido da maioria do público brasileiro, Geromel chegou a Porto Alegre para ser reserva de uma zaga formada por Rhodolfo e Werley. Por isso, foi viver seu primeiro Gre-Nal apenas no segundo semestre, pelo Brasileirão de 2014. E não poderia ter sido de melhor maneira: com goleada por 4 a 1. Mesmo que não tenha balançado as redes, o zagueiro contribuiu para que o time comandado por Felipão atropelasse os colorados, com gols de Luan, Ramiro e Alan Ruiz (duas vezes). Rafael Moura descontou para o Inter.

2) Expulsão em final 

Fernando Gomes / Agencia RBS
Zagueiro foi expulso no jogo de ida da final do Gauchão de 2015Fernando Gomes / Agencia RBS

O segundo clássico disputado por Geromel se deu em 2015, pelo jogo de ida da final do Gauchão de 2015, que terminou empatado em 0 a 0. Porém, o jogo teve gosto amargo para o zagueiro. Com apenas 17 minutos do segundo tempo, ele viu o meia-atacante Valdívia partir em velocidade em direção ao gol de Marcelo Grohe, e se viu obrigado a derrubá-lo na entrada da área. A falta rendeu um segundo cartão amarelo e, consequentemente, sua expulsão. Desta forma, o jogador não pode se fazer presente na grande decisão, no Beira-Rio, que acabaria com vitória do Inter por 2 a 1.

3) 5 a 0

Lauro Alves / Agencia RBS
Atletas comemoram o primeiro dos cinco gols marcados pelo Grêmio no Brasileirão de 2016Lauro Alves / Agencia RBS

A perda do título gaúcho de 2015 não demoraria muito para ser esquecida, com juros e correção no primeiro turno do Brasileirão. Com a venda de Rhodolfo, Geromel se tornou dono da posição, formando a dupla de zaga com o equatoriano Erazo. Contra um Inter abatido pela demissão do técnico Diego Aguirre, o Grêmio comandado por Roger Machado aplicou a maior goleada dos últimos tempos na história dos Gre-Nais: 5 a 0, com gols de Giuliano, Luan (duas vezes), Fernandinho e Réver (contra).

4) Título gaúcho

Jefferson Botega / Agencia RBS
Ao lado de Maicon, Geromel ergueu a taça do Gauchão de 2019Jefferson Botega / Agencia RBS

Além dos títulos da Copa do Brasil, Libertadores e Recopa, Geromel também ergueu duas taças de Gauchão com o Grêmio. Em 2018, a decisão foi contra o Brasil-Pel, mas no ano seguinte se deu em um clássico Gre-Nal. Após dois empates por 0 a  0, as equipes decidiram nos pênaltis quem seria o campeão estadual de 2019. Mesmo não tendo efetuado nenhuma das cobranças, o zagueiro foi incumbido de erguer o troféu, ao lado de Maicon, para mais uma festa na Arena.

5) Único gol

Lauro Alves / Agencia RBS
Defensor abriu o placar na vitória de 2 a 0 pelo Brasileirão de 2019Lauro Alves / Agencia RBS

Apesar de não ter a obrigação de marcar gols, Geromel também deixou suas marcas nas redes adversárias. Já consagrado com as conquistas de nível nacional e continental, o zagueiro marcou um dos gols da vitória por 2 a 0, pelo segundo turno do Brasileirão de 2019. Em um jogo amplamente dominado pelo Tricolor, o ídolo gremista abriu o marcador aos 33 minutos de jogo, aparando de cabeça um cruzamento preciso de Alisson.   



Veja também