Onde foi parar a velha força do Olímpico?

9 de agosto de 2011 - Às 01:34
Percebemos que desde o começo do ano o Tricolor não foi o mesmo jogando no Olímpico. Sempre pareceu um time pressionado, que tinha obrigação de vencer, pois a menos de dois anos atrás, chegou a ficar quase 60 jogos sem perder em casa.

O ÚNICO TIME QUE TERMINOU O CAMPEONATO BRASILEIRO DE PONTOS CORRIDOS, INVICTO EM CASA
É de fato que as contusões no começo do ano, o time abalado, de poucas contratações, também auxiliou, mas não seria para tanto.
No Gauchão, venceu o clássico contra o Internacional fora de casa, e acabou perdendo no Olímpico, ficando com o vice.
Na Libertadores, jogou o primeiro jogo em casa com Universidad Católica, e perdeu.
Por enquanto, no Brasileirão, em 7 jogos, tem 2 vitórias, 4 empates e 1 derrota.
Um aproveitamento baixo, para um time, que em 2006 e 2007, anos após a volta da segunda divisão, era bem pior, e graças ao fator casa, não voltou a segundona.
Então, é sentar, pensar e ver por que o time não engrenou ainda jogando em casa.
Vamos ver com Celso Roth como irão as coisas.


Veja também