Odorico projeta “jogo muito perigoso” na volta contra o Botafogo

Dirigente alerta que Grêmio deve estar atento à velocidade do Botafogo

14 de setembro de 2017 - Às 05:57
Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Vantagem com o 0 a 0 no Rio? Não muita, na opinião do vice-presidente de futebol do Grêmio, Odorico Roman, que projetou um duelo complicado na partida de volta ,quarta-feira que vem, na Arena. “É um jogo muito perigoso para o Grêmio. Vamos respeitar muito e buscar a vitória em casa”, projetou.

Odorico citou a questão do saldo qualificado. Na Arena, o Grêmio fica obrigado a vencer e qualquer empate com gols classifica o Botafogo. Um novo 0 a 0 leva a decisão da vaga às semifinais da Libertadores às penalidades máximas. Ele alertou sobre os perigos da equipe carioca: “O Botafogo joga em muita velocidade”.

Antes do confronto com o Botafogo, o dirigente salientou o duelo com a Chapecoense, domingo, pelo Brasileirão. “Vamos colocar um time que tenha condições da Chape e preservando jogadores que possam ter desgaste maior. O Grêmio disputa o Campeonato Brasileiro com pretensões de vencer”, ressaltou.

Sobre o esboço de time, ele acredita que o zagueiro Pedro Geromel e o atacante Luan – desfalques para o confronto no Rio – devem estar de volta. “Eles estão no limiar de terem condições de jogo”, afirmou. “Estão finalizando a recuperação.”



Veja também