Odorico confia na experiência do Grêmio para “administrar” final fora de casa

Tricolor espera vitória contra o Lanús na Arena para ir com vantagem a Buenos Aires

16 de novembro de 2017 - Às 12:04
Foto: Divulgação / Lucas Uebel / Grêmio FBPA / CP

Diante do Lanús, o Grêmio vai primeira vez nesta Libertadores decidir um confronto de mata-mata fora de casa. Com a primeira partida na Arena, o vice de futebol Odorico Roman confia na experiência do técnico Renato Portaluppi e de alguns jogadores do elenco para o Tricolor saber administrar o jogo.

“A experiência do Renato e de alguns jogadores será fundamental. Temos de saber administrar o fato de estar jogando a primeira partida em casa. Teoricamente é importante fazer um bom resultado aqui. É importante não apressar ou achar que tem que fazer o gol logo”, alertou o dirigente, que conta com o apoio da torcida os 90 minutos para empurrar o time para a vitória.

“A torcida do Grêmio é muito importante, sempre esteve presente nas grandes conquistas do clube, sejam passadas ou presentes. Nesta Libertadores, a torcida tem mostrado paixão de uma forma impressionante. O estádio estará lotado na quarta-feira, tenho certeza que a torcida vai gritar do início ao fim”, seguiu após o jogo contra São Paulo.

Por conta do foco na final da Libertadores, Odorico garantiu que o Grêmio não está com nenhuma negociação em andamento para a próxima temporada. Segundo ele, tratativas só serão iniciadas após o segundo jogo com o Lanús.

“Tenho lido e ouvido algumas coisas sobre contratações. Eu garanto para vocês que o Grêmio não está negociando com nenhum jogador. Antes da final da Libertadores, o Grêmio não vai negociar nada. Isso é tudo barrigada, como se diz”, afirmou.



Veja também