O último trem para a Libertadores

29 de setembro de 2010 - Às 14:19
Hoje, diante de mais uma vez um Olímpico lotado, o Grêmio jogará em casa, ainda com esperanças de alcançar o G3, a Libertadores.
Muitos jogos e pontos foram desperdiçados dentro do Olímpico, e não há mais chances de falha.
Desfalques atrapalham
O volante Fábio Rochemback (lesão muscular, diagnóstico será divulgado na quinta-feira), o volante Ferdinando (pancada no rosto), os meias Souza (lesão no tornozelo direito) e Leandro (recuperando-se de lesão muscular), e o centroavante Borges (cirurgia na tíbia da perna direita). Por suspensão, ficam de fora Gabriel, Fábio Santos e Fernando.
O Grêmio tem a melhor campanha do segundo turno, e precisa manter, querendo voltar a vencer no Olímpico, mesmo com todos estes desfalques. O jogo será difícil, mas a zaga terá que funcionar e jogar duro, como foi diante do Atlético-MG.


Veja também