O jeito de Luxemburgo: Exigente, brincalhão e profissional

8 de maio de 2012 - Às 14:44

O técnico Luxemburgo, todos sabem, tem um currículo invejável, e não podemos contestar a sua capacidade. Quando chegou ao Grêmio, e o aproveitamento era de cerca de 90%, sempre reclamava após os jogos, sempre cobrava mais do time. Nos treinamentos, o treinador está sempre cobrando os jogadores. Como exemplos, falou para Gabriel que não é para desfilar em campo, e para Fernando não enfeitar.

Já na sala de conferência, Luxemburgo está sempre tentando despistar os jornalistas, faz piadas e brincadeiras, mas sempre do jeito profissional.
“O campeão se constrói nas derrotas. É perdendo, sentindo, passando por uma série de situações que se fortalece um grupo, se prepara para ser campeão”
Luxa também gosta de conversar com os jogadores, e assim falou durante a semana de folga:
Eu mostrei para eles que tivemos uma ótima semana. Trabalhamos duro, pesado, formando uma boa base para o Brasileiro, mas referi um detalhe importantíssimo. Poderíamos, em vez disso, estar disputando uma final. Falei para eles buscarem o que faltou, algo que poderíamos acrescentar no trabalho. Os jogadores não poderiam voltar para casa, ver o jogo e não pensar nisso. Era um momento de reflexão. Todos tinham que fazer esta análise”, comentou o treinador.
O Grêmio tem partida com o Fortaleza, nesta Quarta, valendo vaga para as Quartas de final da Copa do Brasil.


Veja também