Considerado uma das promessas das categorias de base do Grêmio, Phelipe Megiolaro se vê próximo de deixar o clube para mudar de ares. As sondagens pelo goleiro se intensificaram nas últimas semanas e podem desencadear na saída do atleta a uma equipe do exterior, com o empréstimo como modelo de negócio.

Conforme apurado pelo GloboEsporte.com, Megiolaro está na mira de três times de Portugal, um time da Espanha, um time da Itália e um time dos Estados Unidos. A preferência dos interessados, por ora, é do empréstimo com opção de compra fixada ao término do contrato.

O Grêmio, por sua vez, diz não ter qualquer oferta pelo jogador. A posição oficial da diretoria é de que Megiolaro segue integrado ao “contexto interno” do clube. Mas ele está liberado para procurar novo clube.

Phelipe Megiolaro, em ação pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Phelipe Megiolaro, em ação pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Megiolaro tem contrato com o Grêmio até o final de 2021 e multa rescisória próximo dos 50 milhões de euros (cerca de R$ 307,32 milhões). Os direitos federativos do jogador são divididos em: 70% ao Tricolor e 30% ao seu estafe.

Como a janela de transferências dos países citados abrem a partir da próxima quarta-feira, há a expectativa que chega uma proposta oficial dos interessados nas próximas semanas.

Os planos para o atleta são semelhantes aos vividos por um ex-goleiro do Grêmio. Léo Jardim foi repassado ao Rio Ave em 2018. Um ano mais tarde, os portugueses exerceram a opção de compra do jogador. Meses após, ele se transferiu em definitivo ao Lille, da França.

Megiolaro esteve com Pepê, Caio Henrique e Matheus Henrique na seleção sub-23 na campanha do título do Pré-Olímpico. O jovem goleiro era terceira opção no elenco, bem mais jovem que seus concorrentes Cleiton, do Bragantino, e Ivan, da Ponte Preta, que completarão 23 anos em 2020.

O goleiro recebeu algumas oportunidades no ano passado no Brasileirão. No entanto, viu o Grêmio contratar Vanderlei no início de 2020. Agora, Paulo Victor é a primeira opção ao titular e Julio César, que deve deixar o Grêmio no final de 2020, vem depois. Brenno completa a lista de goleiros do grupo principal.



Veja também