Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação

A derrota para o Fortaleza na última quarta-feira (13) resultou na queda de Marcos Herrmann do cargo de vice-presidente de futebol. Rapidamente, o presidente Romildo Bolzan Jr. escolheu Dênis Abrahão, com passagens anteriores ao Grêmio, para assumir a vaga aberta.

O novo vice de futebol foi apresentado em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (15) e fez um discurso em tom de remobilização, ressaltando a necessidade de vitória já contra o Juventude, no próximo domingo.

— Estou orgulhoso de estar aqui. Tenho a plena confiança de que nós vamos sair dessa situação, acredito no grupo, na comissão e dessa forma vamos sair dessa situação desconfortável, que não é o lugar do Grêmio. Temos a obrigação de vencer o Juventude no domingo, esse tem de ser o nosso legado, vencer ou vencer. Cada jogo é uma grande decisão, decisão mesmo, de título. É mobilização total de manhã, de tarde, de noite, que é assim que se vence no futebol — destacou Dênis Abrahão.

Além da convicção de que o Tricolor sairá da zona de rebaixamento (atualmente é o 19º colocado, com cinco pontos a menos do que o Santos, primeiro time fora do Z-4), Denis fez um apelo para que a torcida lote a Arena no domingo.

— Pedir que o torcedor saiba a importância da partida contra o Juventude, vamos transformar a nossa Arena em um caldeirão, os adversários vão sentir o peso da torcida do Grêmio, tenho certeza. Lugar do torcedor é na Arena. Esse é o nosso lema daqui pra frente, torcida, jogadores, direção, todos juntos e é certo que vamos vencer. A partir de agora, é guerra. Temos de ter crédito e acreditar nisso — completou.

O novo dirigente gremista também confirmou a contratação de Vágner Mancini como novo técnico do Grêmio, mas preferiu não falar sobre a permanência do treinador para 2022, garantindo que o foco da equipe é ainda em 2021 para se salvar do rebaixamento.

— 2022 é só o ano que vem. Temos de focar em 2021. Só temos um objetivo, que é ganhar do Juventude domingo. Primeiro é o primeiro. Se fizer o primeiro e o quinto passo, vamos esquecer do segundo, do terceiro e do quarto. Vamos primeiro no passo inicial, que é enfrentar o Juventude e ganhar, nosso objetivo é esse. É vencer ou vencer. Custe o que custar. Nós vamos sangrar, com a faca nos dentes. Acabou. O momento é grave, é crítico — ressaltou.

Para estrear no comando da equipe gremista já diante do Juventude, neste domingo (17), Vagner Mancini precisa ter seu nome divulgado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até as 19h desta sexta. O treinador chega a Porto Alegre junto com o auxiliar-técnico Régis Angeli, o analista de desempenho Cláudio Andrade e o auxiliar de preparação física Lucas Itaberaba.



Veja também