Foto: Eduardo Moura

O Grêmio está a menos de duas semanas das partidas mais importantes dos últimos 10 anos. E não vai mudar nem uma linha de sua convicção. O planejamento para uso dos titulares até o dia 22, quando entrar em campo contra o Lanús, pelo primeiro jogo da final da Libertadores, seguirá o mesmo. Ainda que um resquício daquela nuvem negra de outrora tenha aparecido pelo CT Luiz Carvalho. O Tricolor viu alguns jogadores virarem desfalques para o jogo com o Vitória, neste domingo, pelo Brasileirão. Mas ganhou o retorno de Lucas Barrios.

“Nuvem negra” foi como Renato Gaúcho classificou o período no qual perdeu vários jogadores gremistas por lesão, como Luan, Ramiro, um retrocesso na recuperação de Douglas, além de Barrios, Edílson e Fernandinho. Em determinado momento, foram quase 10 jogadores afastados. Agora, Marcelo Grohe, Edílson e Cortez são baixas, mas todos sem gravidade, com possibilidade de retornar contra o São Paulo, já na próxima semana. Mas a proximidade com a decisão da Libertadores liga uma espécie de alerta.

Marcelo Oliveira e Beto da Silva deixaram o jogo com a Ponte Preta, na última quarta, com lesões musculares. Se serve de consolo, não ostentam titularidade atualmente. Por outro lado, enfraquecem o elenco. Renato Gaúcho não se queixa e evita mudar o planejamento. Está previsto que os titulares atuem no domingo, contra o Vitória, no Alfredo Jaconi, e no meio da próxima semana, contra o São Paulo – se todos estiverem bem recuperados. Contra o Santos, dia 19, é certo que uma equipe reserva será escalada.

– Quem não puder jogar, não vai jogar. Quem puder, vai jogar. Se corre o risco de ter um jogador machucado, se não jogar, perde o ritmo. Não tem para onde correr. Prefiro arriscar. O mais importante é ritmo de jogo. As lesões, infelizmente, acontecem. Até porque estamos convivendo com elas há muito tempo. São coisas normais. No domingo, quem tiver bem, vai jogar – garantiu Renato.

A boa notícia é a volta de Lucas Barrios. O técnico confirmou que ele estará relacionado com outros 23 jogadores para o duelo com os baianos. No entanto, não confirmou se o centroavante irá iniciar a partida ou permanece como opção no banco de reservas, pelo tempo parado – ele não atua desde a semifinal com o Barcelona-EQU, dia 25.

O elenco tricolor voltará a treinar na manhã deste sábado. Sem novos problemas, assim espera Renato. Os jogadores viajarão à tarde para Caxias do Sul, na serra gaúcha, palco da partida com o Vitória. A Arena não poderá ser utilizada pelo Grêmio por conta do show do Coldplay – o que irritou o treinador gremista, que classificou de “absurdo” a mudança.



Veja também