No desembarque, Grêmio promete recuperação: “vamos dar o troco”

Presidente Romildo Bolzan e capitão Maicon acreditam em recuperação na Libertadores após derrota na estreia

19 de fevereiro de 2016 - Às 12:17
Foto: Eduardo Deconto
Foto: Eduardo Deconto

Após longas 12 horas de viagem, o Grêmio desembarcou em Porto Alegre no início da manhã desta sexta-feira após a derrota para o Toluca, no México, por 2 a 0 pela estreia da Libertadores. Não houve qualquer sinal de torcedores fazendo manifestações ou protestos.

Na chegada, o presidente Romildo Bolzan mostrou confiança em dar o troco aos mexicanos na partida da Arena:

– O time vai dar o troco. Vamos fazer a classificação em casa. Vamos dar o troco para os adversários que nos impuseram a derrota – prometeu o presidente.

O capitão Maicon exaltou a dificuldade em jogar na altitude de 2,6 mil metros de Toluca, mas mostrou tranquilidade quanto a recuperação da equipe na competição e admitiu que é preciso melhorar:

– Jogando na altitude, as equipes que jogam lá sempre têm dificuldades. A gente sabe que tem que melhorar. A gente sabe que aqui temos que vencer. É preciso ter paciência, ter tranquilidade – afirma o capitão.

No desembarque, o técnico Roger foi um dos mais assediados pela torcida para autógrafos e fotos.



Veja também