Ninguém pára o Grêmio! Sonho segue vivo graças a virada heróica sobre o líder

17 de outubro de 2010 - Às 20:02
O Tricolor segue impecável no segundo turno. Neste domingo, o Grêmio venceu o duelo direto contra o Cruzeiro no jogo dos dois melhores times do returno e chegou aos 46 pontos, ficando à quatro do G3. Júnior Viçosa, o estreante e Jonas, o artilheiro fizeram os gols da vitória que balançou o Olímpico lotado com mais de 40 mil torcedores.

Grêmio 2:1 Cruzeiro
O jogo começou bastante equilibrado, com os dois times marcando forte e mais preocupados em não tomar do que fazer o gol. A primeira boa chance veio aos 17 minutos e foi do Grêmio. Lucio arriscou de fora da área e Fábio se esticou todo para salvar o time mineiro. Um minuto depois, após cobrança de escanteio, a bola é desviada e Jonas completa para o gol, mas o impedimento havia sido marcado.


Jonas, mais uma vez, foi decisivo para o Grêmio e chegou ao seu 20º gol

O atacante argentino Montillo era a principal preocupação gremista e foi ele que calou o estádio. Aos 28, Montillo cobrou escanteio, a zaga afastou e sobrou para Edcarlos que lançou para a área de novo e achou Montillo livre, ele chutou encima da zaga e ficou com a sobra, chutando no canto esquerdo de Victor.

O Grêmio não se abateu e foi com vigor ao ataque. Lucio cruzou e Edcarlos tirou com muito perigo. Aos 47, Jonas chutou e Fábio encaixou. Aos 49, Douglas lançou Jonas na área, ele bateu, Fábio espalmou e Junior Viçosa ficou com a bola livre, só empurrando para o gol. Foi o primeiro gol do atacante com a camisa gremista.

Por incrível que pareça, o Cruzeiro foi que começou o segundo tempo pressionando. Aos poucos, o Grêmio também foi chegando. Aos 16, Douglas tocou para Jonas, Fábio deu um toque na bola e tirou do artilheiro do brasileirão. Aos 19, Jonas recebeu na entrada da área e bateu, Fábio voou e fez grande defesa, Lucio pegou a sobra e chutou para fora. Aos 20, Gilberto que havia acabado de entrar, cruzou na área e Wellington Paulista fez, mas o árbitro anulou.

Aos 27, Thiago Ribeiro derrubou Lucio na área e o árbitro marcou pênalti. Jonas bateu e fez o gol, mas o árbitro mandou voltar. Na segunda tentativa, Jonas bateu no mesmo canto e fez o gol, fazendo balançar o estádio Olímpico com o 20º gol do artilheiro.
Depois do gol, o Cruzeiro foi com tudo para o ataque. O árbitro chegou a dar 6 minutos de acréscimo, mas empurrado pela torcida, o time do Grêmio segurou a magnifica vitória.

Próximo domingo tem clássico GRE-NAL. Confira a AGENDA tricolor na sidebar ao lado.



Veja também