Nenhum gol e duas finalizações: os cinco jogos de Luciano em um mês de Grêmio

Atacante chegou para fazer sombra à titularidade de André, mas ainda não rendeu o esperado

2 de setembro de 2019 - Às 16:52
Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Um mês depois de sua apresentação no Grêmio, Luciano ainda não correspondeu à principal expectativa da torcida, que era ameaçar a titularidade de André — cujo jejum de gols durava 10 jogos até a chegada do novo reforço. O ex-Fluminense foi pouco utilizado no período: nos sete jogos em que foi relacionado, entrou em dois, foi titular em três e não foi utilizado em dois.

Por enquanto, nenhum gol e nenhuma assistência. E André voltou a marcar — dias depois de Luciano ser apresentado, por exemplo, o titular da função marcou dois dos três gols do Grêmio na vitória sobre o Libertad, pela Libertadores, e também abriu o placar contra o Athletico-PR, pela semifinal da Copa do Brasil, na Arena. O recém-chegado passou, inclusive, a ser utilizado pelo lado do campo.

— No Grêmio, Luciano jogou muito menos do que no Fluminense. Mas com a perspectiva de que, ambientado ao grupo e com mais tempo de treinamento, comece a jogar o que o Grêmio imaginou que ele jogaria. Ele pode ser centroavante ou segundo atacante. Mas, por enquanto, não foi nem um e nem outro — opinou o comentarista Maurício Saraiva.

Em três dos cinco jogos de que participou, Luciano sequer chutou em direção ao gol. Nos 234 minutos em campo, ele deu duas assistências para finalizações. Para o narrador Pedro Ernesto Denardin, isso ocorre porque o jogador não tem sido utilizado na posição ideal.

— Luciano ainda não tem apresentou nenhuma boa jogada. Está jogando longe do gol. Penso que ele precisa ser colocado como referência. Flutuando, não tem dado certo — avaliou.

Jogos com participação de Luciano:

31/8 – São Paulo 0x0 Grêmio, pelo Brasileirão: começou como titular, atuou 67 minutos, não finalizou e nem fez assistência para finalização.
27/8 – Palmeiras 1×2 Grêmio, pela Libertadores: não foi utilizado.
24/8 – Grêmio 2 x 1 Athletico-PR, pelo Brasileirão: começou como titular, atuou 71 minutos, não teve finalização, mas deu uma assistência para finalização.
20/8 – Grêmio 0x1 Palmeiras, pela Libertadores: entrou no jogo e atuou por 14 minutos. Não finalizou e nem deu assistência para finalização.
17/8 – Palmeiras 1×1 Grêmio, pelo Brasileirão: entrou no jogo, atuou por 12 minutos, finalizou uma vez e deu uma assistência para finalização.
10/8 – Flamengo 3×1 Grêmio, pelo Brasileirão: começou como titular, atuou 70 minutos e finalizou uma vez.
5/8 – Grêmio 3×3 Chapecoense, pelo Brasileirão: não foi utilizado.



Veja também