Bruno Cortez vive uma situação de indefinição no Grêmio. O lateral-esquerdo não foi relacionado para os últimos dois jogos e tem contrato apenas até o final deste ano. Ou seja, ele já poderia assinar um pré-contrato com outra equipe e deixar Porto Alegre de graça no final deste ano. A procura recente do Bahia não se concretizou.

— O Grêmio precisa se posicionar claramente e dizer a sua intenção com o Cortez, senão a vida dele tem de seguir. Para mim, está claro que o Grêmio quer priorizar outros jogadores. O jogador vai seguir trabalhando firme e honrando o contrato dele com o clube. Ele é um atleta vitorioso, multicampeão e que levantou muitas taças no clube. O posicionamento tem de ser claro — afirmou o empresário do jogador, Flávio Trivella.

O lateral-esquerdo não vem sendo relacionado nas últimas partidas por opção técnica. Diogo Barbosa ganhou a vaga de titular, e Guilherme Guedes ganha mais oportunidades de ficar no banco de reservas.

Recentemente, o Bahia sondou a situação do atleta, mas o negócio não passou desta fase. Afinal, o Tricolor não aceitaria emprestar o jogador até o final do ano sem ser ressarcido, visto que o atleta ficaria livre no final do ano.

O Grêmio não tem, neste momento, nenhuma proposta na mesa por Bruno Cortez. Também não há nenhuma negociação por renovação de contrato.



Veja também