Nas negociações, o adversário do Grêmio é o próprio Grêmio

Tricolor lida com dificuldades financeiras em meio a necessidade de contratar

17 de dezembro de 2015 - Às 12:03
Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS
Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

Estamos chegando ao fim de 2015. Dentro de campo, a bola já parou de rolar, mas fora das quatro linhas há muita movimentação para que no próximo ano, a bola possa rolar redonda no time do Grêmio com bons reforços que podem chegar ao clube.

Mas, com algumas semanas ou cerca de 1 mês de negociações, nenhum reforço foi anunciado pela diretoria apesar de muita especulação. O primeiro nome forte foi do zagueiro Fred, do Goiás. Até mesmo contratar um jogador de time rebaixado está difícil para o Grêmio. O meia atacante Zelarayán, destaque do Belgrano foi descartado após a proposta do Grêmio ter sido coberta pelo Tigres. Agora, o zagueiro Henrique do Napoli também teve sua vinda dificultada devido a interesse de outros clubes.

O Grêmio passou o ano de 2015 sempre falando em reestruturação financeira. Fez pouquíssimas contratações, usou jogadores da base e mesmo assim conseguiu fazer uma boa campanha no Brasileirão, garantindo lugar na Libertadores. Mas, agora chegou a hora de reforçar o elenco para a maior competição de clubes da América. E, até agora, nenhuma nova cara pintou no clube.

O Grêmio esbarra em suas próprias limitações financeiras e não consegue chegar a valores pedidos pelos clubes em que o Tricolor tem interesse em jogadores. Foi o caso de Zelarayán. O Grêmio ofereceu 3 milhões de dólares e o Tigres, oferecendo 5 milhões, levou o jogador. Segundo Bolzan, o Grêmio não poderia fazer uma oferta maior do que tinha feito para não comprometer ainda mais sua vida financeira.

Ou seja, o Grêmio está limitado a não cometer exageros e a gastar pouco nas contratações que vir a fazer. A diretoria busca investidores, busca negociar formas de contratar, mas esbarra em limitações e pedidos dos clubes em que na maioria das vezes, o Grêmio não consegue chegar. O tempo passa e logo a Pré-temporada estará aí. Esperamos e acreditamos que a diretoria esteja corrigindo erros das antigas administrações (de terem gastado demais) e fazendo hoje, o melhor para que o Grêmio não venha a sofrer ainda mais no futuro.

Mas, é fato que para a Libertadores, precisaremos reforçar o elenco.

Vamos, Grêmio!



Veja também