Sonho do Grêmio, o meia Giuliano, 31 anos, rescindiu nesta sexta-feira (2) o contrato com o Istambul Basaksehir, da Turquia. Contudo, mesmo livre no mercado, o atleta pretende ouvir propostas de outros clubes europeus antes de cogitar uma volta ao futebol brasileiro. Por isso, um eventual retorno à Arena é considerado difícil.

Com boa passagem pelo Tricolor entre 2014 e 2016, Giuliano tem o perfil buscado pelo Tricolor, com qualidade técnica, perfil de liderança e por atuar na posição em que está a maior carência no elenco de Tiago Nunes.

A direção gremista monitora à distância a situação do jogador. A rescisão com o Istambul Basksehir ocorreu em comum acordo. Como o clube não conseguiu a classificação nem para a Liga dos Campeões, nem para a Liga Europa, a direção turca decidiu reduzir a folha salarial, liberando o brasileiro.

O Grêmio busca um meia para o segundo semestre e monitora diversos brasileiros no futebol europeu. Na avaliação da direção, o mercado nacional está restrito e não oferece muitas possibilidades de negócio.



Veja também