Multa rescisória não é problema e permanência de Luxa depende de Koff

19 de maio de 2013 - Às 13:49
A decisão sobre a permanência ou não do técnico Vanderlei Luxemburgo está com o presidente do Grêmio Fábio Koff. Uma reunião foi feita neste sábado com o conselho de administração, e como está previsto no contrato, o Grêmio pode pagar a multa rescisória de Luxemburgo em até 20x. São R$ 7 milhões, no total.
Nestor Hein, membro do conselho administrativo, comentou sobre o assunto:
– O presidente está recolhendo informações sobre o que aconteceu na Colômbia. Se o Grêmio chegar a conclusão, em hipótese, que o técnico não tem mais nada a render, não será a multa que vai impedir. O clube sabia desse risco, isso não é um impeditivo – afirmou.
E para outro membro do conselho administrativo, a multa pode até ser negociada:
– A decisão é de entendimento do departamento de futebol, independente do custo da rescisão. Na verdade, isso está planejado pelo clube. Se o clube entender que a situação se esgotou, se pensa em perspectivas novas. Se eles realmente quiserem, a multa pode ser negociada.
Rui Costa já deu entrevista dizendo que o presidente Fábio Koff tem total autonomia para definir. Ou seja, a permanência ou não do técnico Luxemburgo depende apenas de decisão do presidente.


Veja também