O Grêmio vive momento delicado na tabela com risco real de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Mas a má fase dentro de campo pouco respinga na avaliação dos jovens criados pelo clube. Durante a janela de transferências europeia, o Tricolor negociou quatro promessas e mantém o rótulo de formador de talentos.

Em 2021, o clube gaúcho fez a negociação de Pepê, 24 anos, com o Porto e também acertou a venda de Matheus Henrique (23) para o Sassuolo, da Itália. O zagueiro Ruan (22) também irá para a equipe italiana, embora somente em dezembro.

atacante Léo Chú (21) seguiu pra o Seattle Sounders, dos Estados Unidos. O centroavante Ricardinho (20) foi emprestado ao Marítimo após também despertar interesse de Krasnodar, da Rússia, e Ludogorets, da Bulgária.

O zagueiro Rodrigues (23) também recebeu proposta do Midtjylland, da Dinamarca, mas permaneceu e deve renovar. Na terça-feira, o ge noticiou consultas do Grupo City e do Al Ain, dos Emirados Árabes, pelo volante Fernando Henrique (20).

Jean Pyerre recebeu oferta do futebol turco, mas direção o segurou — Foto: Eduardo Moura / ge

Jean Pyerre recebeu oferta do futebol turco, mas direção o segurou — Foto: Eduardo Moura / ge

No penúltimo dia da janela, foi a vez do Yeni Malatyaspor, da Turquia, tentar o empréstimo de Jean Pyerre (23) por um ano. O clube europeu pagaria 300 mil euros ao Grêmio, mas o valor foi considerado baixo diante do pouco tempo para a negociação avançar.

O lateral-direito Vanderson (20) é o principal candidato a ser a próxima grande venda. O Grêmio comprou, no fim de agosto, mais 20% dos direitos do jovem e agora tem 70%. Rechaçou uma proposta de 14 milhões de euros do Brentford, da Inglaterra, embora ainda possa ocorrer o negócio para dezembro.

Ainda pouco utilizados, o meia Pedro Lucas (19) e o atacante Elias (19), ambos atualmente no time sub-21, também constantemente despertam interesses de outras equipes. O Botafogo e o Sport, por exemplo, fizeram consultas por Elias.

Agentes do mercado consultados pelo ge dizem que a má fase da equipe no Brasileirão não pesa tanto na hora da avaliação dos garotos. Os minutos em campo pelo time principal é que contam muito para o interesse nos jogadores.

Nos últimos anos, o clube se consolidou como revelador de talentos e fez grandes vendas ao futebol europeu. A lista vem de Walace, Pedro Rocha e Arthur, entre 2016 e 2017, e passa por Everton, Tetê, Diego Rosa e Pepê, entre outros, nos últimos anos.

Enquanto se fecha para o assédio europeu, o Grêmio luta para se manter na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. No momento, é o penúltimo colocado, com 16 pontos, a cinco do primeiro time fora da zona de rebaixamento. No domingo, às 11h, recebe o Ceará, na Arena, pela 20ª rodada.



Veja também