Momento do Grêmio é de comemorar e pensar no futuro

Tricolor incrementou quadro social, cresceu no ranking e projeta uma “nova era”

9 de dezembro de 2016 - Às 12:14
Foto: Guilherme Testa
Foto: Guilherme Testa

O momento é de comemorar o pentacampeonato da Copa do Brasil. A euforia pela conquista e a consequente quebra do jejum de 15 anos sem títulos de expressão ainda vai circular no ambiente gremista por algum tempo. Mas o clube também já começa a colher os frutos e a projetar uma “nova era” a partir de agora. Com o retorno ao caminho das vitórias, o Grêmio quer aproveitar a onda positiva para manter-se em ascensão.

O clube vai reassumir o posto de número 1 do ranking da CBF com o título conquistado na quarta-feira. Nos cofres, serão R$ 6 milhões da premiação paga pela entidade. O presidente Romildo Bolzan Jr, que foi eleito para mais três anos no cargo, prosseguirá a gestão com mais de 80 mil associados no Quadro Social. Mais de 18 mil foram acrescidos após a classificação para a final da Copa do Brasil.

E a expectativa é de que esse número cresça ainda mais com a disputa da Libertadores no próximo ano. O clube vai direto para a fase de grupos. “O Grêmio passa por um processo de reestruturação, mas sem deixar de pensar nos títulos. Agora começa uma nova era, um novo momento para o clube”, afirma o vice-presidente de futebol, Adalberto Preis. O dirigente deve ser convidado por Romildo Bolzan Jr a seguir no cargo na próxima temporada.

A prioridade ainda nesses próximos dias é confirmar a permanência de Renato Portaluppi. Existe um desejo do clube e do profissional na continuidade do trabalho. O objetivo, além da manutenção da comissão técnica, é fazer poucas mudanças no grupo de jogadores. O presidente Romildo Bolzan já revelou que pretende manter grande parte do elenco e trazer reforços pontuais, que venham em nível de titularidade. “Não podemos rechear o elenco. Vamos buscar manter aquilo que temos, preservar uma estrutura”, destaca.

No próximo domingo, o Grêmio encerra a temporada jogando contra o Botafogo na última rodada do Brasileirão. O grupo se reapresenta somente amanhã, e Renato deverá escalar uma equipe de reservas.

Fonte: Correio do Povo



Veja também