Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A vitória do Athletico sobre o Santos na noite de quarta-feira fez o Grêmio dormir na quinta posição do Brasileirão. Mas o quarto lugar, último objetivo a ser cumprido no ano, pode ser retomado no duelo contra o desesperado Cruzeiro, às 19h15 desta quinta, na Arena, pela 37ª rodada. Basta pontuar.

Mesmo assim, a questão da tabela fica pendente para a última rodada, no domingo, com alguns titulares possivelmente em clima de férias antecipadas.

Diversos líderes do elenco já passaram a pessoas próximas o cenário com liberação assegurada a partir do fim do jogo com o time mineiro. O próprio técnico Renato Gaúcho já havia indicado esta situação.

— Até quinta, vou fazer o jogo para não dar chance para ninguém falar que pedi férias antes para beneficiar esse ou aquele clube. Depois de quinta-feira, eu tenho outra conversa com o presidente — disse Renato no último domingo.

Contudo, a vitória sobre o Peixe levou o Furacão aos 63 pontos. O Tricolor tem 62 e, se pontuar nesta noite, volta à quarta posição. Mesmo em caso de empate na Arena, o Grêmio fica à frente dos paranaenses pelo saldo de gols.

Cortez e Maicon, titulares do Grêmio nesta noite, podem não enfrentar o Goiás — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Cortez e Maicon, titulares do Grêmio nesta noite, podem não enfrentar o Goiás — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Na hipótese de somar os três pontos diante do Cruzeiro, o time gaúcho chega aos 65. Mas não terá a quarta colocação assegurada.

Na última rodada, precisará de um resultado igual ao do Athletico para garantir o G-4. Pode até empatar com o Goiás no Serra Dourada, desde que o Furacão não imponha uma goleada elástica sobre o Avaí, na Ressacada, que supere o saldo gremista.

“Vamos jogo a jogo. Pensamos no Cruzeiro para depois pensar na última rodada” (David Braz)

— Vamos jogar como se fosse decisão. Queremos terminar o campeonato no G-4. Alguém tem que apagar a luz, ou do Cruzeiro ou do Ceará — assegura o atacante Luciano.

Renato pode ser substituído pelo auxiliar Alexandre Mendes na última rodada — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato pode ser substituído pelo auxiliar Alexandre Mendes na última rodada — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Caso os jogadores não sejam liberados antes da última partida do ano, ainda existe a possibilidade do treinador sair de férias mais cedo. Renato tem o argumento da necessidade de encerrar o curso da CBF na próxima segunda-feira.

Aí, Alexandre Mendes, braço direito do ídolo gremista, seria o responsável por comandar uma equipe alternativa diante do Goiás.

Porém, tudo isso será confirmado depois do jogo com o Cruzeiro, às 19h15 desta quinta, que promete ser agitado. A Raposa vive o drama da luta contra o rebaixamento. O Grêmio briga na parte de cima da tabela. A Arena os aguarda.



Veja também