A pandemia de coronavírus paralisou todas as competições no Brasil e deixou os clubes sem suas rotinas. O médico Márcio Dornelles, do Grêmio, falou sobre as medidas tomadas pelo Tricolor na reavaliação do elenco, na última sexta, e também para evitar o contágio do vírus.

Cada um dos atletas recebeu uma cartilha com orientações nutricionais e de cuidados médicos para os dias de isolamento. Os jogadores também têm instruções para manter atividades físicas dentro de casa, sem ir a academias ou manter contato com outras pessoas.

Além, claro, de reforçar a necessidade de lavar as mãos e evitar levá-las ao rosto. Na última sexta-feira, foram em pequenos grupos ao CT Luiz Carvalho e foram vacinados contra a gripe influenza.

— Todos os atletas, funcionários e membros da comissão técnica foram orientados quanto ao Coronavírus e seus sintomas, meios de transmissão e medidas preventivas. Recomendamos a resguardarem-se em suas casas, com seus familiares. Também receberam uma cartilha com todas as orientações médicas e nutricionais — destacou o médico Márcio Dornelles via assessoria de imprensa.

jogadores do Grêmio seguem cartilha repassada pelos médicos — Foto: Divulgação/Grêmio

jogadores do Grêmio seguem cartilha repassada pelos médicos — Foto: Divulgação/Grêmio

O Grêmio tem reapresentação marcada para a próxima terça-feira pela manhã. Mas o departamento médico se mantém em contato com a diretoria e deve adiar o retorno às atividades.

Todas as novidades com relação ao Covid-19 deixam o departamento atento. Dois vice-presidentes e um dirigente das categorias de base testaram positivo para o vírus.

— Precisamos estar todos do departamento médico muito atentos, pois é algo que jamais havíamos vivenciado desta forma. Nos preocupamos com a saúde de nossos atletas, funcionários e membros da comissão técnica e seguimos todas orientações dos órgãos de saúde. Seguiremos monitorando e recomendando que fiquem em suas casas — destacou Márcio Dornelles via assessoria de imprensa.

O elenco gremista segue em período de reclusão até a próxima terça-feira – isso, se o retorno às atividades não for adiado, o que é mais provável. O Gauchão está suspenso por um período de 15 dias, e a Libertadores foi paralisada até 5 de maio.



Veja também