Foto: Ricardo Giusti

O médico do Grêmio, Marcio Dornelles, concedeu uma entrevista na tarde desta terça-feira para detalhar a lesão sofrida pelo zagueiro Pedro Geromel, na derrota no clássico Gre-Nal de domingo por 2 a 1. Ele reiterou a gravidade da lesão, constatando “ruputra de alto grau” no tornozelo esquerdo, e reafirmou o prazo de dois meses para a volta do defensor.

Conforme Dornelles, Geromel sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo na queda. Após a realização de um exame de imagem, foram constatadas duas lesões: “No ligamento deltóide do tornozelo, com ruptura de alto grau, e no ligamento tabofibular”, destacou.

De acordo com ele, o atleta já iniciou o tratamento, com imobilizador, e passa a realizar fisioterapia em dois turnos. Apesar da gravidade da lesão, o Departamento Médico disse estar confiante para um retorno breve do atleta, lembrando a recente lesão de tornozelo do meia Alisson.

No entanto, o profissional voltou a citar o prazo de pelo menos dois meses longe dos jogos e reafirmou a previsão de seis a oito semanas para atividades no campo, aumentando assim o prazo de volta às competições.

Assim, Geromel desfalca o Grêmio no restante da temporada. O zagueiro também fica de fora das finais da Copa do Brasil, marcadas para 11 de fevereiro a 7 de março, dependendo ainda da definição do campeão da Taça Libertadores da América, cuja decisão será no próximo sábado.

Sem o defensor, o Grêmio enfrenta o Flamengo, às 21h de quinta-feira, na Arena, em jogo atrasado pelo Brasileirão.



Veja também