Apesar da paralisação do futebol devido à pandemia do coronavírus, o mercado de transferências segue ativo, mesmo que em menor escala. Clubes da Itália têm sondado o volante Matheus Henrique, do Grêmio nos últimos meses. O presidente gremista, Romildo Bolzan Jr., confirmou o interesse dos italianos em uma entrevista à rádio “Si Gonfia la Rete”, de Napoli, nesta quinta-feira.

Conforme apurado pelo GloboEsporte.com, representantes do volante estiveram na Itália nos meses de janeiro e fevereiro e tiveram reuniões para tratar das consultas. Para a próxima janela, o Grêmio não vê como possível a saída de Matheus, já que sua multa rescisória é considerada alta para o padrão atual do mercado.

Matheus Henrique entra na mira de clubes da Itália — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Matheus Henrique entra na mira de clubes da Itália — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Nesta quinta-feira, a rádio Si Gonfia la Rete publicou no seu site uma entrevista com o presidente Romildo Bolzan Jr.. Além do assunto Everton Cebolinha e o interesse do Napoli, o mandatário revelou o interesse de italianos em Matheus Henrique.

– Existem algumas equipes italianas seriamente interessadas em Matheus Henrique, meio-campista de 1997 que já faz parte da Seleção e que representa uma das maiores promessas do futebol brasileiro. Vamos ver o que vai acontecer… – disse Romildo à rádio italiana.

O volante despontou no Grêmio no Gauchão de 2018, quando o time de transição foi utilizado nas primeiras rodadas. Ele logo foi promovido ao elenco principal e disputou algumas partidas no segundo semestre.

Em 2019, Matheus se estabeleceu no grupo e virou titular absoluto da equipe de Renato Gaúcho, a ponto de ser convocado por Tite para a Seleção. As convocações e a titularidade na Seleção sub-23 são constantes. Ao todo, tem 69 jogos pelo Tricolor e seis gols. Seu contrato vai até o fim de 2023.



Veja também