Matheus Henrique dá o tom e pede para Grêmio “atacar protegido” contra o Palmeiras

Volante diz que placar de 1 a 0 contra não é "superdifícil" de reverter na decisão das quartas de final da Libertadores

26 de agosto de 2019 - Às 18:13

O Grêmio já está em São Paulo para a volta das quartas de final da Libertadores, contra o Palmeiras, nesta terça-feira, às 21h30, no Pacaembu. A delegação desembarcou na capital paulista com a confiança em reverter a vantagem de 1 a 0 construída pelo Verdão em Porto Alegre inabalada. O volante Matheus Henrique afirmou que é preciso ser mais agressivo sem se descuidar da defesa.

Matheus Henrique falou sobre missão do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Matheus Henrique falou sobre missão do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

O jovem meio-campista, claro, disse que o Tricolor precisa ser cauteloso e ter sempre os jogadores necessários para “se proteger”. E pediu calma ao time para atacar o Palmeiras desde o início e tentar a vitória em São Paulo. Desde a derrota em Porto Alegre, Renato e demais atletas reforçam que o time gaúcho não mudará sua maneira de atuar.

– A gente tem totais condições de chegar aqui e sair classificado. Temos que ter cabeça no lugar, qualquer vitória aqui dá classificação para a gente. Temos que ser cautelosos, não temos que nos atirar para frente, quem tem a perder é a gente. Jogar calmo, fazer nosso futebol que temos chance de sair classificados – analisou Matheus Henrique.

– O professor já treinou nestes dias com a gente. Temos que tomar total cuidado para sair para o ataque, temos que ter sempre lá atrás gente para nos proteger. E arriscar mais, sair para o jogo – completou.

O 1 a 0 a favor dos paulistas não é visto como bicho de sete cabeças pelos gremistas, embora force o time, claro, a ganhar. Os palmeirenses, após a vitória na Arena, ressaltaram muito a capacidade do Grêmio jogar bem longe dos seus domínios. Se vencer por 1 a 0, o Grêmio leva a disputa para os pênaltis. Qualquer vitória com dois ou mais gols marcados classifica os gaúchos.

– Geralmente, quando encontramos equipes que fecham bastante, temos que arriscar. Quem tem que atacar, ataca, quem tem que defender, defende. A gente sabe que 1 a 0 não é um placar superdifícil. Já conseguimos viradas em outras competições que nos dá condição de chegar aqui e reverter a situação – destacou o volante.

Chegada pelos fundos

O Grêmio chegou a São Paulo no meio da tarde desta segunda-feira. Mas driblou toda a imprensa presente. O elenco desembarcou do ônibus por uma porta dos fundos do hotel e entrou pelo estacionamento, já que o veículo teve dificuldades para acessar uma rua próxima ao hotel que recebe os gremistas. A novidade foi a presença de Bruno Cortez.

Bruno Cortez treinou normalmente na manhã desta segunda — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Bruno Cortez treinou normalmente na manhã desta segunda — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

O lateral-esquerdo treinou normalmente pela manhã, ainda em Porto Alegre, e, portanto, fica apto a atuar nesta terça. Cortez levou uma pancada na região do quadril na última terça e precisou ser substituído logo no início da partida.

Renato Gaúcho não irá promover mudanças neste momento para tentar reverter a vantagem do Palmeiras, que venceu por 1 a 0 na Arena. O entendimento foi de que o desempenho foi bom em casa, embora tenha faltado criar e finalizar mais no gol de Weverton.

Veja os relacionados do Grêmio

  • Goleiros: Júlio César, Paulo Victor e Phelipe Megiolaro
  • Laterais: Cortez, Leonardo, Juninho Capixaba e Rafael Galhardo
  • Zagueiros: David Braz, Geromel, Kannemann, Paulo Miranda e Rodrigues
  • Volantes: Darlan, Maicon, Matheus Henrique, Michel, Rômulo e Thaciano
  • Meias: Jean Pyerre e Patrick
  • Atacantes: Alisson, André, Da Silva, Diego Tardelli, Everton, Luan, Luciano, Pepê e Vico


Veja também