Marinho sai do banco, marca em goleada e se desculpa com a torcida do Grêmio

Meia deixa sua marca na vitória por 4 a 0 sobre o Novo Hamburgo e põe ponto final em polêmica

21 de janeiro de 2019 - Às 06:24
LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Depois de uma declaração polêmica nas férias, quando cogitou uma saída para o Flamengo, Marinho pôs ponto final na crise da melhor maneira possível. Marcou um dos gols do Grêmio na goleada de 4 a 0 sobre o Novo Hamburgo neste domingo, na primeira rodada do Campeoanto Gaúcho, e limpou a barra com a torcida.

O meia-atacante começou no banco de reservas do time de Renato Portaluppi. No segundo tempo, porém, entrou no lugar de Kaio, quando o Tricolor já vencia por 1 a 0. Aos nove minutos, em sua primeira chance, ele aproveitou o desvio de cabeça de Thonny Anderson e tocou com o lado de fora do pé esquerdo para ampliar o placar. Aplaudido pela torcida, Marinho agradeceu o apoio e se desculpou com os torcedores gremistas:

– Quero pedir desculpas ao torcedor. Cada vez mais este vai ser o meu trabalho, para o torcedor confiar em mim – disse, na saída de campo.

Na entrevista coletiva após a partida, Renato minimizou o fato de ele começar no banco de reservas e tratou de colocar um ponto final na polêmica:

– O Marinho já estava perdoado. Sabe que errou. Ele precisa entender que está em um grande clube, campeão do mundo. Todo mundo quer vir para cá.

Renato relembrou ainda a partida contra o Flamengo, no Brasileirão 2018, quando Marinho marcou em uma de suas primeiras oportunidades. Para o treinador, se for “inteligente” e souber usar seu talento a favor, Marinho pode voltar a figurar entre os titulares.

– Ele está aqui para isso. O atacante está aqui para fazer gol, não importa se é depois de 50 minutos. Contra o Flamengo também, no primeiro lance, ele fez o gol. Queremos do Marinho as qualidades que ele tem. Precisa usar as ferramentas a favor. O grupo gosta dele, tem qualidade, entrou bem. O jogador precisa aproveitar as oportunidades, entrar durante a partida, demonstrar para o treinador que pode jogar. Pepê e André também entraram bem no jogo – destacou.



Veja também