Em meio a uma pandemia, Marcelo Oliveira tem motivos para sorrir. Uma pequena vitória individual dá forças para o zagueiro do Grêmio no atual momento. Depois de um ano de uma cirurgia no joelho direito, o jogador voltou a fazer atividades com bola, as mesmas do restante dos companheiros.

Marcelo Oliveira se lesionou no empate em 0 a 0 com o Juventude, na Arena, no dia 28 de março do ano passado. Rompeu os ligamentos patelar, cruzado anterior e colateral lateral. A cirurgia ocorreu no dia 6 de abril. Desde então, manteve sua rotina árdua de fisioterapia no clube. Antes da paralisação do futebol, estava encaminhando seu retorno.

Marcelo Oliveira em treino com bola do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Marcelo Oliveira em treino com bola do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Na última quinta-feira, após o treino técnico de finalizações e troca de passes no gramado do CT Luiz Carvalho, Marcelo Oliveira também pode voltar a vestir o uniforme completo do Grêmio em iniciativa de marketing do clube. Na semana passada, o defensor também passou por atividade semelhante com os colegas.

– Além da camisa que ficou linda, é bom a gente trabalhar com ela também, fico feliz por estar podendo trabalhar com bola. Me sentindo bem após um longo tempo em recuperação e poder estar treinando com o grupo. O principal é evoluir cada vez mais – destacou Marcelo Oliveira.

No momento, claro, o Grêmio ainda não faz atividades coletivas em função das restrições pela pandemia do novo coronavírus. Mas o zagueiro gremista dá passos em direção ao retorno ao futebol quando as partidas forem permitidas pelas autoridades.

Durante as férias, o lateral convertido em zagueiro no ano passado manteve a rotina de exercícios específicos para ganhar força na perna lesionada por conta do longo tempo parado. O zagueiro é um dos líderes do elenco e está no clube desde 2015.



Veja também