Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Um dos jogadores mais experientes do Grêmio, Marcelo Oliveira falou nesta sexta-feira sobre o clima no clube após a goleada em cima do Barcelona de Guayaquil. Ele ressaltou a prova de força que o elenco deu após um período sem jogar bem na temporada e admitiu que sonha com a conquista da Libertadores e a posterior disputa de Mundial de Clubes em dezembro.

“Estamos sonhando. Para você conquistar tem que sonhar. Até mesmo quando falam que é impossível, você tem que sonhar e trabalhar. É isso que estamos fazendo. Estamos trabalhando e sonhando para terminar mais um ano como foi 2016, dando uma volta olímpica com a torcida em festa”, completou.

Marcelo Oliveira ainda fez uma comparação do atual momento do Grêmio na Libertadores com a reta final da Copa do Brasil no ano passado. “Lembra o que foi o final do ano passado. O Grêmio estava há muito tempo sem um título de expressão, nós estávamos nas oitavas da Copa do Brasil, depois nas quartas, na semi e sabendo que aquele sonho estava cada vez mais perto. Agora a gente está vivendo de novo só que em uma dimensão bem maior porque é a Libertadores. A gente conquistou isso porque ganhou a Copa do Brasil e chegou à Libertadores”, afirmou o lateral.

A grande atuação diante do Barcelona em Guayaquil veio após um período de turbulência no Campeonato Brasileiro, quando Grêmio caiu da vice-liderança para o quarto lugar. Marcelo Oliveira apontou as lesões como principal motivo para a queda do time, mas ressaltou o poder de reação do elenco na hora decisiva.

“Essas situações acontecem, a diferença é como você reage. Se você passar por um momento difícil e não reagir, a tendência é complicar. O que existiu foi de ter mais união e conversa no momento de turbulência. Isso sempre existiu aqui. Sempre destacamos a união e o bom ambiente. Quando não tivemos boas atuações ocorreram as cobranças. Isso nunca mudou. Felizmente retomamos o futebol no momento decisivo, que é a reta final dos campeonatos”, finalizou.



Veja também