Marcelo Oliveira desabafa sobre críticas da última temporada

Lateral admitiu irregularidade, mas crê que teve mais bons momentos do que ruins no Grêmio

18 de janeiro de 2017 - Às 17:40
Foto: Lucas Uebel

Marcelo Oliveira respondeu na coletiva desta quarta-feira no CT Luiz Carvalho, do Grêmio, aos jornalistas e torcedores que o criticaram em alguns momentos da temporada 2016. Para o lateral esquerdo, instabilidade ocorreu durante um ano, mas ele crê que teve mais regularidade com bons momentos.

“Eu tenho autocrítica, mas sei também o que ouvi e o que li. Sei quem fez as críticas corretas. Quem fez as críticas maldosas. E isso não me afeta. O dia que eu perder a confiança no que posso render ou no meu trabalho, pego as minhas coisas e paro de jogar futebol. A minha profissão está sujeita as críticas, mas elas precisam ser corretas. Às vezes, o torcedor que só acompanha e só lê vai vir junto com as críticas. Claro que sei que passei por alguns jogos que não fui bem, mas, de tudo que vivi no Grêmio, foram muito poucos perto dos bons”, declarou o lateral.

Sobre a busca da direção por um jogador para a sua posição, Marcelo Oliveira considera fundamental a contratação de reforços para os mais de 85 jogos que o Grêmio pode disputar em 2017. O lateral lembrou que a disputa faz parte do futebol e cria competitividade sadia entre os companheiros do mesmo grupo, mas também destacou a importância da manutenção do elenco.

“É importante não perder ninguém, mas, claro, qualificar também. Imagina se, além de qualificar, você ter que repor peças que perde. Então, com certeza, é bom manter a base. É importante começar assim, pois será o terceiro ano atuando juntos e isso ajuda bastante. Ficamos felizes que a base foi mantida”, afirmou Oliveira.

Após o treino da manhã, o grupo volta aos gramados do CT a partir das 16h30min. No sábado, a agenda do Grêmio marca o primeiro coletivo da pré-temporada e na segunda-feira, às 16h30min, o primeiro jogo-treino contra o Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio Grande do Sul.



Veja também