Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

O técnico Vagner Mancini valorizou a reação do Grêmio no empate em 2 a 2 com o Flamengo na noite desta terça-feira, na Arena, em jogo atrasado da 2ª rodada do Brasileirão. Entretanto, o técnico não ficou totalmente satisfeito com a atuação do time, que teve Jhonata Robert expulso na etapa final.

Em entrevista coletiva, o treinador ainda salientou que o ideal era a vitória. Pois o Grêmio desperdiçou a chance de encurtar a distância para o Juventude, primeiro fora do Z-4, que segue em quatro pontos. Mesmo assim, manteve a confiança de que o ponto somado pode ser um “diferencial” no fim do campeonato.

– Lógico que todos entramos em campo para vencer, era nosso objetivo. Diante de tudo que foi visto, um ponto acabou sendo importante. Talvez esse ponto seja o diferencial no final do campeonato. Temos que acreditar. Mas a equipe foi lá, empatou, teve chances para virar. Nesse sentido a gente sai fortalecido, porque tivemos uma reação – comentou Mancini.

Óbvio que um ponto não estava nos planos, queríamos somar os três para ir lá na Bahia numa situação um pouco diferente. Mas não muda nada daqui até o final.

— Mancini após empate do Grêmio com o Flamengo

A respeito da atuação do time, Mancini não ficou totalmente satisfeito. A equipe levou 2 a 0 com dois gols de Vitinho, teve Jhonata Robert expulso e chegou ao empate com uma assistência e um gol de Ferreira, que deu o passe para Borja marcar o seu.

– Totalmente satisfeito, não. Também vi erros. Foi um jogo tenso. Falar que estou satisfeito com o que eu vi acho que seria demais. Estou chateado por ter empatado, mas tenho que valorizar esse empate. Perdíamos por 2 a 0 com um a menos. A maneira como a gente enxerga o horizonte faz toda diferença, não só hoje, como amanhã, depois e sexta-feira – respondeu o técnico.

Com o resultado, o Grêmio segue em 18º, somando agora 36 pontos. O Tricolor terá o confronto direto com o Bahia, que é 17º com 37, na próxima rodada, na sexta-feira, na Fonte Nova.



Veja também