Foto: Marcos Ribolli

O técnico Vagner Mancini lamentou a falha de marcação do Grêmio no lance que determinou o empate por 1 a 1 com o Corinthians neste domingo, na Neo Química Arena, pela penúltima rodada do Brasileirão. Ainda assim, o comandante mantém as esperanças de manter o time na Série A.

Em entrevista coletiva virtual, o técnico disse que gostou da postura da equipe até o gol de Renato Augusto aos 42 do segundo tempo, em lance que Villasanti deixou de acompanhar o meia rival.

– A postura de marcação da equipe vinha muito bem até o lance aos 42 do segundo tempo, onde a gente afrouxa a marcação e dá a possibilidade do arremate de fora da área, de um jogador que eu havia chamado a atenção. A gente acabou tomando um gol, que é óbvio que jogou uma ducha de água fria em cima de todos nós – disse o treinador.

O empate é péssimo para o Grêmio porque ele pode cair nesta segunda-feira. Basta que Juventude e Cuiabá pontuem contra São Paulo e Fortaleza, respectivamente. Mesmo assim, o técnico mantém as esperanças de evitar a queda, basta saber até quando elas vão durar.

– É natural que estejamos chateados. Mas enquanto há esperança a gente vai lutar. Se a esperança vai durar 24 horas ou 72 horas, a gente está ainda agarrado nisso, porque ainda faltam jogos dessa rodada. Dependendo dos resultados, o Grêmio ainda tem chance. Não acho que esta próximo do zero. Chance é chance. Eu acredito muito nisso ainda – completou o treinador.

Com o resultado, o Grêmio segue na 18ª posição, mas com 40 pontos. O Tricolor pode chegar no máximo a 43 na última rodada e, se chegar vivo até lá, terá que vencer o Atlético-MG na próxima quinta-feira, na Arena, às 21h30, e torcer por uma combinação de resultados.



Veja também