Foto: Wesley Santos/Press Digital

Renato Portaluppi prometeu, e o Grêmio decolou. Depois de um rendimento insatisfatório na primeira parte do Campeonato Brasileiro, o clube conseguiu avançar na tabela de classificação. Com a vitória sobre o CSA, o Tricolor chegou ao G-4 do torneio. Em um comparativo com as 12 primeiras rodadas do primeiro turno, a equipe melhorou marcas como pontuação, gols marcados e sofridos, além da posição que estava naquele momento e que ocupa depois do mesmo período do returno.

Em pontos, após encarar o adversário alagoano fora de casa, o time gremista ocupava a 11ª posição, com 16 pontos conquistados. Agora, no mesmo recorte, são nove pontos a mais e a terceira posição na tabela do returno — quarta colocação na classificação geral. Em relação ao rendimento do ataque, o Grêmio também foi melhor. Enquanto nos 12 compromissos iniciais tinham sido feitos 13 gols, na segunda parte do Brasileirão foram 27. A defesa também vazou menos: 13 gols sofridos antes, contra 10 na largada da segunda metade do campeonato.

No restante do turno, da 13ª à 19ª rodadas, o aproveitamento gremista foi melhor — um bom indicativo na projeção para a reta final do Brasileirão. Nos sete duelos, foram três vitórias, três empates e uma derrota. O aproveitamento no período foi de 57% — exatamente o mesmo aproveitamento total do Grêmio na competição e suficiente para, por enquanto, garantir uma colocação entre os quatro melhores.

Jogos que restam ao Grêmio no Brasileirão:

10/11, 19h, Chapecoense (F)
17/11, 16h, Flamengo (C)
24/11, 18h, Palmeiras (F)
27/11, 21h30min, Athletico-PR (F)
1/12, 19h, Grêmio x São Paulo (C)
4/12, a definir, Cruzeiro (C)
8/12, a definir, Goiás (F)



Veja também