Fernando Gomes / Agencia RBS

No dia 9 de março de 2015, Maicon era apresentado na Arena do Grêmio. Contratado por empréstimo junto ao São Paulo, o volante chegava para reforçar a equipe treinada por Luiz Felipe Scolari. Cinco anos depois, se tornou um dos líderes do vestiário gremista e entrou para a história do clube.

— É com muita alegria que chego ao meu quinto ano no Grêmio. Sou muito grato ao clube, à direção, ao grupo de jogadores e comissão técnica. Aqui conquistei muitos títulos e quero conquistar ainda mais. Eu e minha família gostamos da cidade, do acolhimento das pessoas e o carinho que os gaúchos têm com a gente. Sou muito grato e quero retribuir ainda mais todo esse apoio que recebo — diz o jogador.

Aos 34 anos, Maicon já atuou em 202 partidas pelo Grêmio, marcando 11 gols. Com a camisa tricolor, obteve 111 vitórias, 52 empates e 35 derrotas, conquistando os maiores títulos de sua carreira: a Copa do Brasil de 2016, a Libertadores de 2017, a Recopa Sul-Americana de 2018, os Gauchões de 2018 e 2019 e a Recopa Gaúcha de 2019.



Veja também