Foto: Tomás Hammes

O volante Maicon, que deve voltar a estar à disposição de Renato para a partida contra o Fortaleza, falou sobre o momento complicado vivido pelo tricolor no Campeonato Brasileiro. O jogador eximiu o técnico Renato Portaluppi de responsabilidade, e chamou para o grupo a carga maior pelos resultados ruins na competição.

“A responsabilidade é nossa. Claro que todo mundo tem uma parcela de culpa, mas a gente é treinado, entra em campo e joga. É um momento complicado, não é o momento de apontar. Mas os maiores responsáveis somos nós, que entramos no gramado para jogar”, admitiu o capitão.

Maicon elogiou Renato e o classificou como alguém que não deixa de dar oportunidades a todos do grupo. De acordo com ele, os desfalques recentes, seja com convocações ou com o excesso de lesões, também atrapalham, e que a pausa para a Copa América será fundamental para recuperar o elenco. “O ideal é ter todo mundo à disposição. Confiamos na força do grupo na volta, quando retomar os jogos”, afirmou.

O capitão também voltou a frisar a importância de Luan, que segue se recuperando de lesão. Segundo Maicon, o meia foi o principal jogador do time nos grandes momentos vividos nos títulos recentes da história do clube, como a Copa do Brasil de 2016 e a Libertadores de 2017. “Ele se destacou, e sabe disso. Ele sabe que tem talento e qualidade. Vamos ter essa pausa e, quando voltar, a gente espera que o Luan possa continuar com a gente”, finalizou.

O Grêmio volta a campo no sábado, às 19h, contra o Fortaleza, no estádio Centenário, em Caxias do Sul. A equipe de Renato Portaluppi é a 18ª colocada na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com cinco pontos. 



Veja também