Maicon alerta para desespero do VEC no Gauchão: “Será difícil”

Capitão tricolor elogia evolução dos garotos, que aumentam as opções de Renato

23 de fevereiro de 2019 - Às 07:52
Foto: Tomás Hammes

Seja com titulares ou reservas, o grupo montado pela direção faz o Grêmio ser forte em qualquer circunstância, o que eleva a confiança com a proximidade da estreia da Libertadores. Após o treino na manhã desta sexta-feira, Maicon falou sobre a força do grupo, mas pediu atenção com a situação do time do Veranópolis, equipe que luta contra o rebaixamento.

Apesar de enfrentar o lanterna, há um cuidado com o desespero do adversário. O VEC não venceu uma partida sequer. São três empates e a última posição do Gauchão.

– Será difícil. O Veranópolis está em uma situação complicada, mas cada jogo tem uma história e busca um jogo para se reerguer, ainda mais contra o Grêmio. Precisamos ter muita atenção para fazer um grande jogo – alerta.

Passadas sete rodadas em 2019, o Tricolor não conhece derrotas. São cinco vitórias e dois empates, com 21 gols marcados e apenas um sofrido. O retrospecto aumenta a moral no vestiário, mas sem que vire arrogância.

Até para evitar uma sobrecarga, Renato tem mesclado as formações. Já atuou com reservas, titulares e uma equipe mista. Garotos, como Matheus Henrique, Jean Pyerre e Pepê têm conquistado cada vez mais espaço. Este último, inclusive, divide a artilharia do estadual com os companheiros Everton e Luan, além de Juba, do Veranópolis, e Rafael Gava, do Caxias.

– Estamos com uma equipe bem parelha. Os mais jovens têm amadurecido. O Renato dá oportunidade a todos. Eles passam confiança para colocá-los em grandes jogos. Renato não tem medo. Cada ano tem sua história. Se quisermos que este ano seja melhor, precisamos ganhar. Temos um grupo muito forte. São dois, três jogadores para cada função. Isso dá tranquilidade ao treinador até quando tiver uma frequência maior de jogos – avalia o capitão.

Olho na Libertadores

Esta homogeneidade, lógico, fará a diferença na Libertadores. O Grêmio espera conhecer o último rival do grupo, que já tem Universidad Catolica e Rosario. Na última quinta, o Libertad saiu em vantagem sobre o Nacional, de Medellín, ao vencer por 1 a 0 no Paraguai.

– Serei bem sincero, não assisti ao jogo. Vi um jogo do Libertadores já e é bem qualificado. Nosso grupo será bem forte. Se passarmos, estaremos bem fortes no mata-mata – projeta.

O Grêmio volta aos trabalhos neste sábado. A atividade está marcada para a parte da manhã. Na segunda, às 20h, a equipe recebe o Veranópolis na Arena. O Tricolor lidera o Gauchão com 17 pontos em 21 possíveis, enquanto o VEC é o lanterna, com apenas três.



Veja também