Luxemburgo não teme demissão e reclama de gols mal anulados

28 de abril de 2013 - Às 00:35
Foto Arena

Após a eliminação do Grêmio no Gauchão para o Juventude, o técnico do Grêmio Vanderlei Luxemburgo deu entrevista coletiva, e por mais pressionado que possa estar, se mostrou tranquilo e confiante no seu trabalho:

“Confio no meu trabalho, não sou nenhum menino. Temos um jogo importante na quarta-feira. Quero mostrar para o torcedor que fizemos um jogo de empenho, peço que compareçam na  Arena para fazer dela nossa casa. Até agora estamos sempre desconfiados. Temos que nos preparar. Não tenho dúvida alguma que disputaremos títulos neste ano. Sacrificamos o time no começo do Gauchão, testamos jogadores, mas temos agora um caminho desenhado”, disse o treinador.
Por fim, Luxemburgo também creditou a culpa da derrota na conta do árbitro, que anulou dois gols legítimos, além de elogiar o Juventude:
“Tivemos dois gols legais anulados. Analisando assim, foi uma injustiça. Sendo jogo decisivo, isso é uma grande injustiça. O Juventude vem fazendo uma campanha muito boa, tirando os gols anulados. Faz parte do jogo. Nos empenhamos, foi um dos melhores jogos que tivemos, mas perdemos”, finalizou.

Adaptado de UOL Esporte

Qual a sua opinião?



Veja também