Luiz Fernando não está fora apenas da delegação do Grêmio que viaja à Venezuela para o confronto com o Aragua, pela Copa Sul-Americana. O atacante sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no Gre-Nal e ficará afastado do grupo por três semanas, aos cuidados da fisioterapia.

O problema ocorreu ainda no primeiro tempo da vitória de virada por 2 a 1 no Gre-Nal. Luiz Fernando levou a pior após uma dividida com Moisés. Chorando, precisou deixar o gramado aos 17 minutos, para a entrada de Léo Pereira.

A questão clínica barra a sequência do jogador de 24 anos. O atacante tinha atuado nas últimas seis partidas do Grêmio, todas com vitória da equipe.

Luiz Fernando não será a única baixa na Venezuela. Diego Churín apresentou um desconforto muscular na coxa direita. Também entregue à fisioterapia, o centroavante não tem previsão de retorno.

Tiago Nunes optou em preservar os titulares da viagem para mantê-los em Porto Alegre com o foco na decisão do Gauchão. Dos principais nomes do grupo, estão Jean Pyerre e Pepê, que voltam a ser relacionados após se recuperarem de lesões na coxa direita e quadril, respectivamente.

Luiz Fernando tinha conquistado espaço com a chegada de Tiago Nunes — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Luiz Fernando tinha conquistado espaço com a chegada de Tiago Nunes — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

As únicas dúvidas de momento para Tiago Nunes estão no ataque. Pepê e Léo Chú devem ser os titulares, mas Pinares e Guilherme Azevedo são opções.

Uma provável escalação tem: Adriel; Vanderson, Rodrigues, Paulo Miranda e Bruno Cortez; Fernando Henrique e Darlan; Pepê (Pinares), Jean Pyerre e Léo Chú (Guilherme Azevedo); Ricardinho.

O Grêmio viaja às 14h para Manaus, abastece o avião e vai para Caracas, com chegada prevista às 21h desta terça. Assim, o elenco treina na quarta em solo venezuelano. A partida contra o Aragua está marcada para às 19h15 de quinta-feira, pela penúltima rodada do Grupo H da Sul-Americana.



Veja também