Luiz Fernando balançou as redes bem no começo da vitória sobre o Coritiba, na última quarta-feira, e ajudou na vitória por 2 a 1. O primeiro gol do atacante pelo Grêmio tirou o peso para a sequência da temporada. Além disso, as referências passadas pelo técnico Renato Portaluppi são bem estudadas pelo atleta.

Logo no início da partida, o atacante aproveitou cruzamento de Diogo Barbosa para fazer seu primeiro gol depois de 10 jogos no Grêmio. E admitiu até certo “alívio”, apesar do pouco tempo em Porto Alegre.

— Me sinto muito feliz de fazer o primeiro gol com a camisa do Grêmio. Qualquer jogador sente, marcar gol é sempre importante. Desde que cheguei, venho me cobrando bastante por esse primeiro gol para dar um alívio. Fui feliz e vou continuar trabalhando para marcar cada vez mais e ajudar a equipe a sair com a vitória — apontou Luiz Fernando.

O gol veio em um lance no qual Luiz Fernando acompanhou a jogada do outro lado e se projetou dentro da área como alternativa para finalizar. Uma das cobranças constantes de Renato no dia a dia. As orientações são ouvidas com dose extra de atenção por conta do histórico do comandante em campo.

— O Renato tem conversado bastante comigo na questão de posicionamento, de entrar na área. Todo dia conversa bastante. Procuro ouvir, todo mundo sabe que ele foi um dos maiores atacantes que teve. Procuro guardar para mim cada conselho e colocar em prática para aperfeiçoar e fazer nos jogos. Entrar na área, fazer o facão, não receber bola de costas. A gente vem aperfeiçoando nos treinamentos — contou.

Renato e Luiz Fernando após gol do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Renato e Luiz Fernando após gol do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Outra conversa também foi sobre a expulsão no empate com o Fortaleza. O treinador o repreendeu pela atitude. O próprio jogador afirmou que entende que o Grêmio ganharia o jogo não fosse o cartão vermelho recebido.

Mas a suspensão já é passado para Luiz Fernando. O Grêmio treina na manhã deste sábado e viaja para Santos, onde encara o Peixe no domingo, às 16h, na Vila Belmiro. Com 17 pontos, o Tricolor é o 11º do Brasileirão.



Veja também