Lucas Leiva fez contra o Sport sua melhor partida pelo Grêmio desde seu retorno. O próprio jogador admitiu isso após a vitória por 3 a 0 nesta terça-feira, na Arena, pela Série B. O volante marcou o segundo gol do triunfo gremista, além de ter participado do primeiro, marcado por Biel.

De quebra, Lucas voltou a comemorar um gol seu após mais de quatro anos. A última vez havia sido em 31 de março de 2018. Em sua primeira temporada na Itália pela Lazio, marcou na goleada por 6 a 2 sobre o Benevento.

– Com certeza essa foi a minha melhor partida (contra o Sport). A expectativa que eu criei nessa volta é até maior que a do torcedor. Entendo a frustração em alguns momentos, eu mesmo também fiquei frustrado, mas continuei trabalhando forte. Estou me acostumando ao esquema do time e preciso mesmo me adaptar – disse Lucas.

Lucas Leiva comemora seu primeiro gol em retorno ao Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Lucas Leiva comemora seu primeiro gol em retorno ao Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Sobre esquema, aliás, o volante de origem foi escalado mais à frente, na posição em que Thaciano seria o titular, mas acabou sendo desfalque de última hora por conta de uma lesão muscular. Em muitas vezes, o camisa 15 esteve próximo de Diego Souza, no ataque. Tanto que o gol marcado foi dentro da área após toque de cabeça do centroavante.

O fato não chega a ser inédito nesta passagem pelo Grêmio e mesmo com Renato Portaluppi. Na partida contra o Vasco, que marcou a reestreia do treinador, Lucas entrou no segundo tempo na vaga de Thaciano, também mais avançado.

Na ocasião, o comandante gremista disse que não gosta de improvisar jogadores em outras posições, mas priorizou a entrada de Lucas naquele momento pela experiência do atleta e pela falta de opções no setor. Após a vitória sobre o Sport, a justificativa foi outra:

– Sabíamos que o meio-campo do Sport era muito competitivo, e poderíamos perder os duelos próximos da nossa área. Coloquei mais atrás o Bitello e o Thiago Santos, principalmente o Thiago marca bastante, e até pela idade do Lucas, para que pudesse jogar mais solto, mais perto do Diego. É um jogador muito inteligente e poderia criar jogadas próximas da área do adversário – afirmou.

Após dois jogos como titular, diante de Novorizontino e Sport, Lucas Leiva não seguirá no time na próxima partida. Isso porque o volante foi um dos quatro jogadores a levar o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão contra o Sampaio Corrêa, fora de casa.

O confronto no Maranhão acontece apenas no dia 30, uma sexta-feira, às 19h, no Estádio Castelão. Neste momento, o Grêmio é vice-líder, com 53 pontos, e torce contra o Bahia, terceiro colocado com 51 pontos e que ainda joga na rodada, para permanecer na posição.



Veja também