Lucas Leiva concedeu entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira, após a atividade no CT Luiz Carvalho. Depois de marcar seu primeiro gol desde que retornou ao Grêmio, o volante disse que se sente bem com a nova função no time, falou da sua relação com Renato e se mostrou confiante para conquistar o acesso à Série A com antecedência.

Na última terça, a vitória por 3 a 0 diante do Sport contou com gol do camisa 15. Leiva vinha sofrendo algumas críticas por conta das atuações anteriores, como segundo volante. Mais adiantado a pedido de Renato, como um meia, fez sua melhor partida desde o retorno e marcou o segundo gol do time.

– Me senti bem, obviamente é algo novo, mas com experiência e estilo de jogo que (o Renato) propõe, me ajuda a chegar mais perto da área na construção das jogadas. É uma posição que requer ritmo, mas tive a sensação que tive mais perto do gol e isso me ajudou bastante – explicou Lucas.

Lucas Leiva Grêmio — Foto: João Victor Teixeira

Lucas Leiva Grêmio — Foto: João Victor Teixeira

Com Roger, o volante vinha exercendo a segunda função do meio-campo. Por conta das lesões de Thaciano e de Campaz e da falta de um meia-articulador, Renato propôs uma nova posição ao jogador, deixando Bitello como segundo volante e Lucas como meia.

Lucas explicou como foi o papo com Renato atuar na função e elogiou o treinador, que segundo ele mudou o ambiente do Grêmio desde sua chegada.

– A chegada dele muda o ambiente, não só interno como externo. Ele é aberto, participativo, me deixa à vontade, tem sido muito boa essa relação, estamos nos conhecendo, mas é muito boa. Sobre a função, ele me deixou bem à vontade, falou “não quero que jogue de atacante, mas pode ajudar estando mais perto do gol ou da área”. Foi o que me pediu – contou.

Com a vitória sobre o Sport, o Grêmio abriu 10 pontos de vantagem para o próprio Leão e deu mais um passo importante para conquistar o acesso. Um feito que o meio-campista conhece bem.

Lucas viveu a Batalha dos Aflitos com a camisa tricolor em 2005. Na 36ª rodada da Série B, o Tricolor visita o mesmo Náutico e pode repetir parte do roteiro de 17 anos atrás, mas o jogador acredita que até mesmo antes disso o time possa garantir a volta à primeira divisão.

– Vivi em 2005 como é difícil subir, mas estou esperançoso, espero que possamos subir antes do Náutico. O quanto antes melhor, mas se for garantindo é o que importa – completou.

Apesar de ter feito sua melhor partida desde a volta a Porto Alegre, Leiva não poderá entrar em campo no próximo compromisso do Grêmio. O jogador levou o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão contra o Sampaio Corrêa.

Nesta sexta-feira os jogadores se reapresentam em preparação para o próximo duelo da Série B. O Tricolor viaja na próxima quarta-feira para São Luís do Maranhão, dois dias antes da partida. O jogo contra o Sampaio acontece no dia 30, a partir das 19h, pela 32ª rodada.



Veja também