Luan volta a resolver em Gre-Nal, iguala Renato em gols pelo Grêmio e abraça recuperação

Camisa 7 ganha afago do treinador e ídolo, que agora torce: "Empatar em títulos, inclusive Mundial"

21 de julho de 2019 - Às 13:41

A bola sai do pé de Juninho Capixabacom o destino já definido. Como teleguiada, encontra a cabeça de Luanquase na marca do pênalti. E dorme no fundo da rede depois de um toque firme, mas sem tanta força.

O gol do camisa 7 do Grêmio no 1 a 1 do Gre-Nal deste sábado, no Beira-Rio, foi o 74º pelo Tricolor, mesmo número de ninguém menos que Renato Gaúcho. Por si só, já seria importante. Mas é ainda mais “pesado” se analisada a necessidade de uma retomada para o atacante.

Depois de um abraço apertado no capitão Maicon, Luan correu para a área técnica. Ali, foi recebido de braços abertos por Renato. O treinador extravasa na comemoração com uma orientação constante: “entra na área, falei para entrar na área”, intercalada por palavrões.

O maior ídolo da história gremista envolve o jogador de uma maneira que só quem realmente acredita em uma redenção faz. Curioso é que Luan fazia um primeiro tempo recheado de erros técnicos. Mas mostrou sua faceta decisiva. Foi bancado pelo treinador e, na volta do intervalo, melhorou.

 

– O Luan sabe que pode dar mais. Esse gol vai dar uma confiança ainda maior e vai ter uma credibilidade ainda maior. Queremos que volte a ser o jogador que sempre foi. Chegou à Seleção, melhor jogador da América. Vem melhorando, treinando – comemorou Renato.

“Foi um gol importante. Eles sabem do dia a dia. Todos estão de parabéns pela entrega e pelo ponto fora de casa” (Luan)
Luan e Maicon comemoram gol no Gre-Nal — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Luan e Maicon comemoram gol no Gre-Nal — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Com o gol, Luan chegou ao mesmo número de Renato Gaúcho e Loivo, este último prestes a ser imortalizado na calçada da fama da Arena, todos em 12º na lista de artilheiros históricos do Grêmio – acima deles está Jonas, com 78.

Renato e Luan sempre mostraram uma parceria afinada, com espaço inclusive para brincadeiras fora de campo. A retomada de Luan é também uma convicção do comandante gremista.

– Agora vou torcer para empatar no número de títulos, inclusive em Mundial. Tenho cobrado muito. São dois jogadores parecidos, ele e o Jean (Pyerre), e cobro que pisem na área. Jogam no meio, precisam chegar, e sempre que chegam, fazem o gol. Fez de cabeça. Está se recuperando aos poucos. O grupo gosta dele, precisa dele – completou Renato.

Luan é festejado pelos companheiros após gol — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Inter

Foi o sexto gol de Luan em 20 clássicos Gre-Nais disputados – entre os dois elencos, só D’Alessandro, com oito, tem mais que ele. Desde o retorno do calendário do futebol brasileiro, Luan foi titular na vitória sobre o Vasco e no empate com o Inter, com uma assistência e um gol marcado. Além disso, entrou nos dois jogos contra o Bahia, pela Copa do Brasil.

Durante a parada para a Copa América, Renato Gaúcho trabalhou com o camisa 7 mais avançado no time, como atuava na conquista da Copa do Brasil de 2016. Tem sido titular desta maneira, embora ainda exerça também a função de meia.

O próximo compromisso do Grêmio é na quinta, contra o Libertad, pelas oitavas de final da Libertadores. O elenco treina já na manhã deste domingo, no CT Luiz Carvalho.



Veja também