Luan, David Braz e mais: o que observar no jogo-treino do Grêmio contra o São José-RS

Tricolor faz o primeiro teste antes do retorno da temporada nesta tarde, no CT Luiz Carvalho

1 de julho de 2019 - Às 12:06

Após uma semana de treinos intensos entre Viamão e Porto Alegre, o Grêmio faz seu primeiro teste antes da retomada das competições nesta segunda-feira. Às 15h, Renato Gaúcho comanda um jogo-treino contra o São José-RS, no CT Luiz Carvalho. Será uma boa oportunidade para observar como o time volta para o segundo semestre e o que o treinador projeta em termos de escalação com quase todos os jogadores à disposição, mas também eventuais mudanças e variações táticas.

O primeiro compromisso gremista após a parada da Copa América será no dia 10 de julho, contra o Bahia, em Porto Alegre, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Até o dia 1º de agosto, o Tricolor terá uma maratona de sete partidas em 23 dias, com jogos pela Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores, com um clássico Gre-Nal no meio disso tudo.

Confira abaixo pontos a observar contra o São José-RS:

Luan de falso 9

O primeiro esboço de time para o segundo semestre teve ares de flashback para o torcedor gremista. No coletivo de sábado, Luan e depois Diego Tardelli atuaram como jogadores mais avançados do sistema ofensivo, em um retorno ao sistema de sucesso de 2016, no título da Copa do Brasil, com o camisa 7 como uma espécie de “falso 9”.

Esse posicionamento de Luan, com liberdade para flutuar e ocupar os espaços no ataque, pode ser uma alternativa para o treinador, já que tanto André como Felipe Vizeu não emplacaram como centroavantes na primeira metade do ano. Seria também uma chance de retomada para o Rei da América, que chegou a ser barrado pelo técnico para recuperar o seu nível físico e técnico.

Luan pode voltar a atuar como falso 9 no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Luan pode voltar a atuar como falso 9 no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

 
Vizeu ou André?

Caso Renato opte pela manutenção do esquema com um centroavante mais fixo, será possível ver quem larga na frente na disputa pela posição: Felipe Vizeu ou André. O primeiro foi para o recesso como titular, com uma sequência de quatro jogos consecutivos na formação inicial. Soma cinco gols na temporada, três deles nos últimos jogos do time.

André começou o ano como preferido do treinador e perdeu espaço para o companheiro, mas sua entrada ao longo das últimas partidas indica que não pode ser totalmente descartado, até pelo desempenho irregular de Vizeu. Ele soma três gols no ano.

E se Everton não voltar?

Um dos destaques do Brasil na Copa América, Everton ganhou visibilidade mundial com a camisa da Seleção. O que aumenta, consideravelmente, as chances de receber uma proposta irrecusável da Europa na janela de transferências – o Grêmio, até o momento, não tem ofertas pelo jogador.

Sem o Cebolinha, quais são as alternativas de Renato? Polivalente, Diego Tardelli pode atuar aberto na linha de três do meio-campo em ambos os lados e é uma das opções para ocupar a vaga do camisa 11 em caso de necessidade. Mais adaptado ao futebol brasileiro após vários anos na China, ele é uma das apostas do Grêmio para o segundo semestre. O garoto Pepê, apontado como sucessor de Everton, é outra alternativa, mas a longo prazo.

Pré-estreia de David Braz
David Braz ainda não foi anunciado oficialmente pelo Grêmio — Foto: Eduardo Moura

David Braz ainda não foi anunciado oficialmente pelo Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Sem Kannemann, em recuperação de lesão na coluna, e com Paulo Miranda ainda sem prazo para voltar, David Braz deve ocupar o posto de titular na zaga, ao lado de Pedro Geromel, no jogo-treino. O zagueiro ainda não foi anunciado oficialmente pelo clube, mas chega para acabar de vez com as improvisações no setor, assolado por vários desfalques no primeiro semestre. O jogador de 32 anos, ex-Santos, estava no Sivasspor, da Turquia, e disputou 31 jogos na temporada, a última delas no 24 de maio. Fará uma espécie de pré-estreia no novo clube.

Lista da Libertadores

O Grêmio terá direito a cinco mudanças na lista de inscritos da Libertadores para o confronto das oitavas de final contra o Libertad, do Paraguai. Como Thonny Anderson, Marinho e Lincoln deixaram o clube e Montoya está prestes a ser negociado com o Racing, da Argentina, são pelo menos quatro vagas abertas, sem contar a de Marcelo Oliveira, que só volta a jogar no fim do ano.

Uma das vagas está reservada a David Braz e outra deve ficar com Galhardo. Como a direção diz, ao menos publicamente, que só vai atrás de reforços em caso de alguma perda no elenco, as outras quatro podem cair no colo dos garotos da base. O volante Darlan e o meio Patrick estão entre os postulantes, assim como Rodriguez. E ainda que o jogo contra o São José não seja uma partida oficial, é uma boa chance para mostrar serviço.



Veja também