Lesão de Vizeu faz Grêmio cogitar nova contratação e abre brecha para lapidar joia

Tricolor pode ir ao mercado repor perda do centroavante. Única alternativa entre os centroavantes, além do titular André, é o jovem Da Silva

12 de julho de 2019 - Às 06:25
Foto: Eduardo Moura

A infelicidade da lesão de Felipe Vizeu obrigou o Grêmio a se reorganizar no sistema ofensivo. Com a necessidade de cirurgia no joelho esquerdo para o centroavante, o técnico Renato Gaúcho terá apenas André como referência no ataque. O clube gaúcho tem a opção de ir ao mercado, mas já trabalha para lapidar Da Silva, jovem promessa da base.

A busca por reforço depende de uma análise do resultado do próprio André, de uma escalação de Diego Tardelli mais avançado e também do garoto de 20 anos. O primeiro é o titular da posição, como deixou claro Renato após o jogo com o Bahia. Tardelli, pelo centro, como um segundo atacante, fica mais perto do gol e pode aproveitar melhor sua qualidade de finalização.

– Na sistemática do Grêmio, temos trazido alguém da transição. Se der a resposta que o Renato entenda estar de acordo… Vamos ver se o Da Silva dá a resposta. Sabemos que tem bola. Caso não, buscamos alguém – comentou o diretor de futebol Deco Nascimento ao apresentar o zagueiro David Braz.

A avaliação já começou. No treinamento da tarde de quinta, Da Silva apareceu pela primeira vez com o elenco profissional. Os auxiliares Alexandre Mendes e Victor Hugo Signorelli trabalharam de perto com o centroavante. Em determinado lance, foi orientado para finalizar com a perna esquerda.

Renato pede calma

Depois da atividade, Da Silva e Patrick ficaram com Signorelli. Ambos faziam uma tabela com o auxiliar e depois precisavam finalizar cara a cara com os goleiros. Trabalho específico semelhante ao feito com Rodrigues. Na terça-feira, por exemplo, o jovem zagueiro fez uma atividade para ajustar o tempo de bola aérea.

– (Da Silva) É um garoto. Você não pode pegar um garoto e dizer: “vai lá e joga”. Daqui a pouco você queima. Você precisa preparar. O Arthur (do Barcelona) estava para ser emprestado, ninguém o conhecia. Muita calma. Não podemos achar que qualquer jogador da base será solução. Eles precisam ser lapidados – comentou Renato.

Felipe Vizeu jogou apenas seis minutos contra o Bahia — Foto: Reprodução

Felipe Vizeu jogou apenas seis minutos contra o Bahia — Foto: Reprodução

A cirurgia deve deixar Vizeu pelo menos dois meses afastado. Mas o período pode ser maior, pela gravidade do problema. O contrato de empréstimo do centroavante vai até dezembro deste ano.

Como o treinador gremista definiu o uso de um centroavante no time titular, André deve estar em campo no sábado, contra o Vasco, às 17h, na Arena. Sem alternativa imediata, resta vasculhar o mercado ou apostar mais uma vez na força da base para consertar um setor já problemático.

 


Veja também