Leo Gomes espera Libertad “mais agressivo” no jogo de volta

Lateral revelou pedido de Renato para "manter o estilo de jogo", independente do resultado da primeira partida

1 de agosto de 2019 - Às 06:28

Em entrevista já no Paraguai, nesta quarta-feira, o lateral Leo Gomes afirmou esperar um Libertad “mais agressivo” para o jogo de volta das oitavas de final da Libertadores. Isso porque, após perder de 2 a 0 na Arena, precisará reverter o resultado se quiser ir às quartas da competição, nesta quinta-feira, às 21h30min, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

Pela necessidade de ir para cima do Grêmio, o lateral afirmou esperar uma equipe saindo mais para o jogo e pressionando “em cima” o Tricolor. “Já estamos acostumados, enfrentamos times com essa postura, então sabemos o que tem que fazer. Estamos preparados para fazer um grande jogo amanhã”, destacou.

Ainda segundo Leo Gomes, o técnico Renato Portaluppi pediu para que a estratégia fosse a manutenção do estilo de jogo, independente da vantagem construída no jogo de ida. “Entre a gente não tem favoritismo. Temos que manter os pés no chão, é um adversário difícil, que já ganhou na Arena. Por isso, precisamos estar preparados”, ponderou.

O lateral esquerdo Bruno Cortez também deu entrevista no Paraguai. A tendência é que David Braz, que substiuiu o expulso Geromel, seja o titular ao lado de Kannemann. Cortez não confirmou, e afirmou que Tanto Paulo Miranda quanto Rodrigues estão prontos para atuar. “Todo mundo está preparado. O grupo mostrou que tem força e qualidade, independente de quem entrar”, declarou.

Os jogadores brincaram, ainda, com um vídeo mostrado por Renato Portaluppi. No material, o técnico do Manchester City falava sobre  qualidade dos jogadores brasileiros. “Ele até falou algumas coisas que o Renato passa pra nós no dia a dia. E disse que o Guardiola está vendo as preleções dele”, brincou Leo Gomes. 

Grêmio treina no Paraguai

O Grêmio realizou atividade no Paraguai, na tarde desta quarta-feira. Primeiro, os jogadores participaram de um trabalho físico e, na sequência, houve a realização de um coletivo. Questionado sobre preparação para uma eventual disputa de pênaltis pela imprensa paraguaia, Leo Gomes confirmou que houve treinamento de cobranças após o treino.



Veja também