Lanús vai jogar com inteligência contra o Grêmio, diz Jorge Almirón

Treinador argentino afirmou que equipe não vai mudar seu estilo de jogo na quarta-feira

27 de novembro de 2017 - Às 17:39
Foto: Fabiano do Amaral

Após perder por 1 a 0 na Arena, o Lanús precisa vencer o Grêmio por dois gols de diferença nesta quarta-feira para conquistar a primeira Libertadores da América de sua história. Mesmo com a necessidade do resultado, o técnico do time argentino, Jorge Almirón, garantiu em entrevista coletiva nesta segunda que sua equipe não vai se atirar para o ataque logo no começo da partida.

“São 90 minutos muito importantes. Temos que fazer um jogo inteligente, ser pacientes e não nos desesperarmos. Não posso garantir o resultado, mas vamos dar tudo. Estou convencido de que o time tem condições, já mostrou nessa Libertadores”, afirmou Jorge Almirón.

De acordo com o treinador, o time será fiel ao seu jogo de paciência na troca de passes até encontrar os espaços. Ele destacou que é preciso aproveitar as oportunidades que o Grêmio der na partida. “Temos que tomar as melhores decisões para poder aproveitar os espaços que forem criados. Não vamos mudar nossa forma de jogar”, garantiu.

Jorge Almirón não confirmou quem será o substituto de Diego Braghieri, suspenso, para o jogo de volta da final. De acordo com a imprensa argentina, o treinador pode optar pela simples entrada de Marcelo Herrera na equipe ou deslocar o capitão Maxi Velázquez para a zaga. Se isso ocorrer, Pasquini irá para a lateral esquerda e um outro jogador vai entrar no meio-campo. “A única dúvida que tenho é na defesa. Ainda tem um dia a mais para testar. Independente de quem jogar, vai entrar bem”, afirmou.



Veja também