Kannemann tem edema no pé esquerdo, será reavaliado e não tem prazo para voltar ao Grêmio

Zagueiro precisou ser substituído na partida contra o São José-RS e deixou o campo com dificuldades para caminhar

31 de janeiro de 2020 - Às 19:02

Exames confirmaram que o zagueiro Kannemann sofreu uma lesão no pé esquerdo na partida de quinta-feira contra o São José-RS, em Porto Alegre. De acordo com o boletim médico divulgado pelo Grêmio, o zagueiro apresentou um leve edema ósseo e um pequeno hematoma na região.

Ainda conforme o clube, Kannemann apresenta melhora gradativa e passará por uma reavaliação neste sábado. Contudo, não há previsão de retorno.

A lesão ocorreu nesta quinta, na vitória do Grêmio contra o São José. Aos 23 minutos do primeiro tempo, Kannemann afastou uma bola adiantada pelo atacante Gustavo Xuxa e o pé travou embaixo da chuteira do adversário. Ficou no chão, foi atendido pelos médicos e tentou permanecer em campo.

Kannemann deixou o campo mancando e com dores — Foto: Eduardo Moura

Kannemann deixou o campo mancando e com dores — Foto: Eduardo Moura

Mas visivelmente não tinha condições e mancava a todo instante. Ao dar lugar a Paulo Miranda, retirou a chuteira e saiu com muitas dificuldades para apoiar o pé esquerdo no chão. No túnel, passou a ser carregado até o vestiário.

O Grêmio já tem o titular Pedro Geromel fora de combate, após o zagueiro passar por cirurgia no joelho direito. Sua recuperação caminha dentro do previsto e ele deve estar em campo na primeira partida da Libertadores, dia 3 de março, contra o América de Cali, na Colômbia.

Nesta semana, o Tricolor promoveu o zagueiro Ruan, do time de transição, para o grupo. Se Kannemann não tiver condições de atuar na segunda-feira, contra o Esportivo, pela quarta rodada do Gauchão, Paulo Miranda deve formar a dupla de zaga com David Braz. No elenco, há ainda o jovem Rodrigues como opção.



Veja também