O clássico Gre-Nal é sinônimo de disputas aguerridas por cada palmo de grama. Certamente no duelo desta quinta-feira, às 21h, na Arena, o primeiro pela Libertadores, não será diferente. Um expoente neste tipo de comportamento pavimenta seu retorno no Grêmio. O zagueiro Walter Kannemann está integrado ao grupo e pode ser a principal novidade do lado azul.

O argentino não atua desde a vitória sobre o São José, no dia 30 de janeiro, por conta de uma pancada no pé esquerdo. Precisou inclusive passar por cirurgia no primeiro dedo.

Kannemann em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Kannemann em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Kannemann faz trabalhos com bola desde a semana passada. No fim de semana, participou de um teste mais forte, em coletivo contra a transição.

— Importante para os jogadores readquirir ritmo de jogo. Quanto mais rápido, não só eles (Jean Pyerre e Thiago Neves), o Kannemann também, até para mim escalar a equipe — destacou Renato após a vitória sobre o Pelotas no último domingo.

Assim, o defensor pode permitir a Renato montar a defesa ideal para 2020. Embora esteja ainda fora dos treinos, Geromel deve estar apto a atuar no clássico. Ele deixou o jogo com o América, em Cali, com dores na coxa direita, mas disse que era somente questão de precaução.

Kannemann e Geromel (ao fundo) ainda não atuaram juntos em 2020 — Foto: Eduardo Moura

Kannemann e Geromel (ao fundo) ainda não atuaram juntos em 2020 — Foto: Eduardo Moura

Se um dos zagueiros titulares não tiver condição de jogo na quinta-feira, David Braz permanece na equipe. O restante do setor será confirmado com Vanderlei, Victor Ferraz e Caio Henrique, todos contratados nesta temporada.

Duelo particular com Guerrero

A possível volta de Kannemann também significa um duelo particular no clássico. O argentino protagonizou disputas ferrenhas com o centroavante do Inter, Paolo Guerrero, especialmente nas finais do Gauchão do ano passado, quando o título ficou com os tricolores.

Naqueles jogos, a torcida gremista passou a brincar sobre o sucesso do argentino na marcação e viralizou memes com o peruano “no bolso” do jogador do Grêmio.

Guerrero e Kannemann no Gre-Nal da final do Gauchão do ano passado — Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital

Guerrero e Kannemann no Gre-Nal da final do Gauchão do ano passado — Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital

A dupla Geromel e Kannemann nunca perdeu clássico quando esteve junta em campo. Isso ocorre desde 2016, em oito partidas, com três vitórias e cinco empates. David Braz e Paulo Miranda, juntos, também estão invictos em dois jogos, com um empate e uma vitória.

O Grêmio volta a treinar na tarde desta terça-feira no CT Luiz Carvalho. O Gre-Nal vale a liderança do Grupo E da Libertadores, já que a Dupla venceu na estreia, mas o Inter possui maior saldo de gols. O clássico de número 424 está marcado para as 21h de quinta, na Arena.



Veja também